SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

ANTÔNIO MARTINS RN BLOG SIGA FÁBIO JÚNIOR VENCESLAU

ANTÔNIO MARTINS RN BLOG SIGA FÁBIO JÚNIOR VENCESLAU
Ouça a Nossa Rádio Venceslau AM

Ouça a Web Rádio Venceslau A M

Ouça a Web Rádio Venceslau A M
Rádio Venceslau Am Para Ouvir Clique no FlowPlayer

PARA OUVIR A Rádio Venceslau Clique no flowplayer

Ouça a Rádio Venceslau Baixe aqui o Aplicativo para seu celular click na imagem abaixo

Ouça a Rádio Venceslau Baixe aqui o Aplicativo para seu celular click na imagem abaixo
Retransmissão Via/Web 24 Horas no AR - Ouça a Rádio Venceslau agora pelo seu celular- Click em cima desta foto e instale o APP é super fácil e rápido.

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Siga Fábio Júnior Venceslau



“Virose da mosca” afeta população e deixa hospitais cheios. Saiba como se prevenir!
http://cidadeverde.com/assets/uploads/posts/mosca.jpg
Você já percebeu que os hospitais estão lotados? Não importa se são públicos ou particulares, mas estão! Boa parte dos atendimentos refere-se à doença do momento, chamada de “virose da mosca”. O Hospital Regional de Pau dos Ferros, tem operado com alto número de pacientes.
Se você parar para perguntar aos pacientes o que eles estão sentindo, eles dirão quase a mesma coisa: Diarréia, vômito, febre, dor de cabeça e moleza no corpo. Estes são os sintomas desta virose, motivo de preocupação para as autoridades de saúde.
O agente transmissor da doença pode ser vírus ou bactéria. O vírus ou a bactéria, transportado(a) pelas moscas, fica alojado(a) nos alimentos ou na água. Somente com a realização de exames é possível detectar qual seja. Os casos de “virose da mosca” aumentaram nas últimas semanas com a proliferação dos insetos neste período chuvoso.
As medidas de combate ao problema são simples e antigos: Sempre lavar bem as mãos e os alimentos antes de comer, procurar conservar bem os alimentos (na geladeira ou cobertos), manter a higiene da casa e sempre beber muita água para evitar a desidratação.
As moscas circulam em vários lugares, como lixos, comidas estragadas e animais em estado de putrefação.







“Legislação trabalhista deste dia 22/03 engessa o comércio”, afirma Marcelo Queiroz
marcelo queiroz
O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio), Marcelo Queiroz, defende a intenção do Governo Federal de implementar uma ampla reforma nas leis trabalhistas do país. De acordo com ele, as atuais normas precisam ser modernizadas. “A Consolidação das Leis Trabalhistas tem 74 anos. Vale ressaltar que a realidade do país em 1943 era totalmente diferente da realidade de agora”, argumenta.
Na manhã desta segunda-feira 20, um evento promovido pela instituição dentro do projeto “Brasil em Foco” discutiu o assunto. Participaram do encontro, realizado no hotel Holliday Inn Arena das Dunas, diversas autoridades locais e o relator da reforma na Câmara dos Deputados, Rogério Marinho (PSDB). Além dele, o ex-ministro do Trabalho Almir Pazzianotto esteve presente na capital potiguar para proferir uma palestra sobre o tema.
Para Queiroz, “o evento foi muito proveitoso” e discutiu assuntos importantes relativos à proposta do Governo. “As leis precisam se modernizar. Com base nisso, o ex-ministro fez uma exposição muito boa sobre alguns pontos da lei que precisam ser alterados ou não”, resumiu o presidente da Fecomércio.
De acordo com o presidente da Federação, reformas como a trabalhista são essenciais para o país se recuperar da crise econômica. “A lei de hoje engessa o mercado. Não aprovamos que sejam retirados direitos do trabalhador, mas é preciso modernizar”, reafirma.
Segundo ele, vários pontos da legislação atual merecem ser revistos, mas duas questões se destacam. A primeira delas diz respeito aos questionamentos judiciais que são feitos atualmente em relação a convenções coletivas que são acordadas entre empresários e trabalhadores. “Hoje em dia esses acordos celebrados não são respeitados na Justiça do Trabalho. Isso precisa ser revisto”, afirma.
Além disso, o presidente chama a atenção para questões relacionadas a rescisões contratuais. “Depois que acontece a rescisão, o processo não é respeito pela justiça trabalhista. O recibo tem que ter valor de quitação”, conclui Queiroz.
O deputado Rogério Marinho deve finalizar o relatório da reforma trabalhista e entregá-lo à Comissão Especial que analisa o tema na Câmara no mês de abril. Até lá, o tucano continua percorrendo vários estados do país se reunindo com empresários para colher sugestões sobre o assunto. Os deputados tiveram ate ontem  quarta-feira 22 para apresentar emendas ao projeto. Até agora, mais de 400 sugestões foram protocoladas, de acordo com Rogério.










“O RN não pode ficar fora da Transposição”, diz presidente da Assembleia Legislativa
1A reunião que a Assembleia Legislativa promoveu ontem (22), às 15h a fim de discutir a retomadas das obras do São Francisco no Eixo Norte, já conta com confirmação dos representantes de várias federações da agricultura, comércio, setor produtivo e da igreja, no RN. O assunto constantemente tem sido pauta na Assembleia, que em 2015 realizou o debate RN pela Transposição. Presidente da Assembleia, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) afirmou que a luta pela transposição é uma luta da Casa legislativa.
“Estamos nesta luta para que as obras do Eixo Norte sejam licitadas para beneficiar o Rio Grande do Norte, pois são apenas pouco mais de 6 Km de obras que precisam ser licitadas. É preciso urgência porque tivemos uma seca prolongada”, afirmou o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), que visitou as obras com uma comitiva parlamentar em 2015.
As águas do São Francisco devem chegar ao RN através da construção de um canal de 6,5 quilômetros de extensão, entre o reservatório Caiçaras até o engenheiro Ávidos, ambos na Paraíba e o pleito é que esta obra seja adiantada.
A água entrará em território potiguar através pelo rio Piranhas-Açu e seguirá o curso natural do afluente por dois pontos. Pelo ramal Apodi, que levará água para municípios do Alto Oeste, que inclui um projeto de construção de um canal de 113 quilômetros. O outro caminho é pelo outro ramal, o do rio Piranhas, na Paraíba, até a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no Seridó.
O impasse é que as obras do Eixo Norte estão atrasadas. Ele se constitui num percurso de cerca de 400 km, com ponto de captação de águas em solo pernambucano, próximo a Cabrobó. As águas serão transpostas aos rios Salgado e Jaguaribe, até os reservatórios de Atalho e Castanhão no Ceará; ao Rio Apodi e Rio Piranhas-Açu, em solos paraibano e potiguar. Após isso, chega aos reservatórios de Engenheiro Ávidos e São Gonçalo, ambos na Paraíba, e à Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, Santa Cruz e Pau dos Ferros.
“Queremos com esta reunião, criar uma agenda positiva, que inclui visitas in loco e conversas com representantes da Câmara, Senado e Governo Federal”, afirmou o deputado Fernando Mineiro (PT). Os participantes de todas as entidades irão propor ações de luta pelas obras das águas do Rio Grande do Norte.



















Deputados discutem projeto de Robinson que aumenta contribuição da IPERN e a não devolução dos recursos do Fundo Previdenciário
Exibindo
Mudanças na estrutura econômica, previdenciária e fiscal do Rio Grande do Norte foram o tema principal de discussão na tarde desta terça-feira (21), na Assembleia Legislativa. Por iniciativa do deputado Fernando Mineiro (PT), servidores, representantes do Fórum Estadual dos Servidores e do Instituto da Previdência do RN participaram de audiência pública na Casa. Todos criticaram a proposta do Executivo.
As propostas em discussão tratam sobre o aumento da contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14% e a não devolução dos recursos do Fundo Previdenciário, enquanto o outro projeto limita pelos próximos 20 anos os gastos do Legislativo, Judiciário Executivo e os órgãos da Administração Direta e Indireta.
Para Mineiro, as propostas estão equivocadas e prejudicam diretamente os servidores. No entendimento do parlamentar, é preciso que se escute a opinião dos funcionários públicos e se explique o porquê das propostas.
“Não foi realizado nenhum cálculo atuarial que justifique o aumento da contribuição dos servidores. O Governo usou e usa os recursos do Fundo Previdenciário, mas agora quer jogar a conta nas costas do funcionalismo público”, disse o deputado.
O posicionamento do deputado é semelhante ao do assessor jurídico do Ipern, Nereu Linhares. No entendimento dele, a única justificativa para a mudança da alíquota referente á previdência é que os valores atuais arrecadados não são suficientes para pagar os benefícios. Para Linhares, falta uma explicação mais robusta para a mudança.
“A mensagem não tem nenhuma informação técnica, nenhuma justificativa mais lógica”, criticou.
Também presente à audiência, o representante do Fórum dos Servidores Estaduais, Carlos Brandão, criticou a forma como são divididos os recursos públicos. Com base nisso, ele defendeu uma revisão nos valores repassados para os demais poderes e também para as autarquias com autonomia financeira. Brandão acredita que o congelamento nos valores traria sérios problemas para a otimização dos gastos públicos.
“Ninguém é contra ajustes no orçamento, equacionamento entre o que se gasta e arrecada, ninguém é contra isso, mas que isso seja feito de uma maneira a não penalizar os serviços essenciais”, justificou Carlos Brandão.
Ao longo da audiência, diversos sindicatos participaram e, de forma unânime, se posicionaram contra a aprovação dos projetos. O deputado Fernando Mineiro sugeriu um monitoramento constante por parte dos servidores.
“Como as matérias ainda tramitam nas comissões e não haverá dispensa de tramitação, é importante que o fórum acompanhe os processos. É preciso monitorar o trâmite nas comissões e o nosso mandato está à disposição para contribuir”, disse o deputado.










MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS O LUGAR CERTO PARA COMPRAR BARATO.





Resultado de imagem para promoçao gifs



As Promoções do Mercadinho São José estão IMPERDÍVEIS.
Validade: 31/03/2017
Venha correndo, pegue o seu carrinho de compras e aproveite as grandes ofertas com muito mais economia.
É um Show de Preços Baixos no Mercadinho São José no Bairro Alto da Ema em Antônio Martins RN.
* Tudo mais Barato
* Entrega em domicílio
* Variedades
* Novidades
* Promoção a cada 15 dias
* Qualidade
* Melhor Atendimento e muito mais.
Mercadinho São José na Avenida Venceslau José de Souza , Bairro Alto da Ema, Antônio Martins RN.
Organização: Dito & Euraxsandra
É PREÇO BAIXO DE VERDADE.



Resultado de imagem para promoções gifs

VEJA TODAS AS IMAGENS CLICANDO AQUI: 



 A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo











Quase dois terços dos senadores assinam requerimento para criação da CPI da Previdência

Com quase o dobro do mínimo de assinaturas necessárias, foi protocolado na tarde desta terça-feira (17) o requerimento para criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado para investigar a Previdência.
A iniciativa, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), teve apoio de 50 parlamentares, inclusive da base do governo. Do Rio Grande do Norte, apenas a senadora Fátima Bezerra assinou o requerimento de pedido da CPI. “A comissão será mais um instrumento de luta contra a reforma da Previdência. Vamos passar a limpo o argumento falacioso do governo de que existe déficit na Previdência. É a hora da verdade prevalecer, é hora de desmistificar esses números mentirosos do governo. Não existe déficit na Previdência”, disse a senadora Fátima Bezerra.
Fátima lembrou ainda a força e o papel das senadoras no pedido da Comissão Parlamentar de Inquérito da Previdência. “Independentemente de ideologias partidárias, as 13 senadoras assinaram o pedido da CPI. As mulheres saem na vanguarda e na luta contra a reforma da Previdência. Essa reforma da previdência é um atentado ao povo brasileiro, principalmente para nós mulheres. Por isso tenho certeza que nenhuma senadora vai retirar sua assinatura”, concluiu.
Os senadores que queiram assinar o requerimento ou retirar sua assinatura terão que fazer até 23h59 de hoje. Após a confirmação do número mínimo de assinaturas – 27, a CPI será instalada. Durante toda a manhã, a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa ficou reunida em audiência pública para discutir a reforma da Previdência. De lá, os participantes seguiram para a Secretaria Geral da Mesa, para protocolar o requerimento. O ato de entrega do pedido contou com a participação de mais de 80 entidades da sociedade civil organizada e
parlamentares.






VENCESLAU PEÇASEM PAU DOS FERROS RN











Estudo mostra que 92% de policiais mortos no RN estavam fora da hora de expediente
1
O Observatório da Violência Letal Intencional do Rio Grande do Norte (Obvio) divulgou o resultado de uma apuração sobre as mortes de policiais e agentes de segurança no tocante ao período entre 2012 e 2017: 92% deles foram assassinados enquanto não estavam em período de trabalho.
Ao todo, neste período, foram mortos 65 policiais no estado potiguar, sendo, destes, 47 policiais militares (72,3% das vítimas); oito policiais civis foram mortos em expediente (12,3%), enquanto que guardas civis e agentes penitenciários contabilizaram cinco mortes cada (7,7%).
Em 49% dos casos (32 agentes), os policiais acabaram mortos ao reagirem contra alguma ação violenta; em 43% das ocorrências (28 agentes), eles foram assassinados fora do expediente na corporação, mas durante atuação como seguranças. De todos os casos registrados, apenas cinco policiais morreram enquanto atuavam em expediente.













Resultado de imagem para atenção gifs
Resultado de imagem para promoçao gifs



ATENÇÃO!!!! SE LIGA NA DATA 
Continuaaaaaaaaaaaaaa , Continuaaaaaaa, Continuaaaaaaaaaaa, continuaaaaaaaa a Super 
Grande Promoção do Mercadinho Santo Antônio 
em Antônio Martins foi prorrogada e se estende agora para o Dia das Mães. 
O Sorteio que seria no dia 31 agora continua para o mês de Maio, só assim você vai ter mais tempo para comprar e mais CHANCES PARA GANHAR!!!!
Qualquer compra a partir de R$ 10,00 Reais você concorre há um super Show de Prêmios.
Venha aproveitar
Você pode levar pra casa:
01 Fogão 04 Bocas 
01 Tv 32 Polegadas
01 Ventilador ARNO turbo Silêncio.

* 01 Kit com 01 Liquidificador 

*1 lindo Forno Microondas.

O Sorteio será no dia das Mães e o nosso Blog vai transmitir tudo ao vivo..

Mercadinho Santo Antônio
Os melhores preços, o lugar onde você compra e pode ganhar muitos prêmios.
Venha conferir os melhores preços da cidade no varejo & no atacado.

Organização: George



Nenhum texto alternativo automático disponível.A imagem pode conter: área internaA imagem pode conter: área interna

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS PROMOÇÕES:





Tudo que você procura em um único lugar. Você Sonha, a Gente Realiza








Ministro prevê crescimento de mais de 3% em 2018
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, acredita que a economia brasileira já opera em ritmo “levemente positivo” e deve encerrar o quarto trimestre com ritmo de crescimento de 2,7% na comparação com igual período de 2016. “A taxa anualizada – ou seja, se repetir a taxa do último trimestre no ano todo – significa crescimento de mais de 3% em 2018”, disse Meirelles.
Ao participar de palestra do Council of the Americas organizado em Brasília, o ministro da Fazenda disse que a “boa notícia” é que “nós já prevemos o primeiro trimestre levemente positivo”.
Um dos exemplos dessa recuperação da economia é a queda dos indicadores de risco sobre a economia brasileira. “Na medida que começaram a apresentar a perspectiva de um novo governo com medidas de austeridade, nós tivemos recuperação bastante rápida”, disse, ao comentar a evolução de indicadores econômicos como o risco medido pelos contratos de CDS e a confiança na economia. “A taxa de risco pelo CDS chegou a crescer e atingir 500 pontos e passou a cair rapidamente. Foi uma recuperação muito rápida a partir de um ano atrás”.
Meirelles chegou cerca de 15 minutos atrasado ao evento e explicou que estava no Congresso no esforço de convencimento dos parlamentares sobre a importância da Reforma da Previdência. Ele esteve reunido por mais de três horas com a bancada de deputados federais do PSDB. “Semana passada, estive com o PMDB, PSB, PP, PSD e, agora à tarde, me encontrarei com o DEM e já marcamos com o PV”.
Para exemplificar a importância da reforma, Meirelles disse que, sem a reforma, o aumento do gasto com a Previdência exigiria aumentar a carga tributária em cerca de 10 pontos porcentuais em uma década. A conta é feita com base na premissa de que, sem as mudanças, as despesas previdenciárias alcançariam o equivalente a 25,4% do Produto Interno Bruto e, com a reforma, a despesa iria para 15,4% no mesmo período. “Então, temos 10 pontos de diferença”.
Durante a palestra, o telefone celular do ministro tocou e ele interrompeu a palestra por alguns segundos. Ao se afastar do microfone, o ministro disse que a ligação era importante e seria curta. Após atender rapidamente e trocar algumas palavras, Meirelles voltou ao microfone segundos depois.





.








Temer deu aval à demissão de servidores envolvidos no esquema

A decisão do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, de exonerar os superintendentes de Agricultura, Pecuária e Abastecimento dos Estados do Paraná e de Goiás foi acertada com o presidente Michel Temer no domingo, 19. Com isso, Temer tentava dar uma “resposta rápida” às irregularidades encontradas pela Polícia Federal na Operação Carne Fraca, em mais uma demonstração não só para o público externo, mas também para o interno, da disposição do governo federal de ir a fundo nas investigações contra as fraudes na fiscalização dos frigoríficos
Apesar das inúmeras frentes do governo para apresentar reações às denúncias, o Planalto não conseguiu esconder o incômodo com o que os interlocutores do presidente chamam de “espetacularização da PF”, ao anunciar a operação na Sexta-feira (17).
As demissões atingem indicações de aliados políticos, e o Palácio do Planalto sabe que este é um problema para o governo, que está em plena negociação com os partidos aliados para a aprovação da reforma da Previdência.
Gil Bueno de Magalhães e Júlio César Carneiro, que perderam os cargos de superintendente federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento nos Estados do Paraná e de Goiás, respectivamente, foram indicados por PP e PTB. O problema é que o estrago na base deve ser ainda maior porque o número de demissões poderá ser ampliado, à medida que as investigações avançarem.
Cargos técnicos
Esse episódio serviu para que um outro tipo de cobrança chegasse ao Planalto, contrariando a prática adotada de nomeações políticas: a de que o governo não pode continuar distribuindo a partidos políticos cargos técnicos dessa importância. O Planalto, no entanto, ainda não traçou nenhuma outra estratégia para responder a essas críticas.
O presidente Michel Temer ficou satisfeito com a repercussão do gesto político que fez no domingo, de ir à churrascaria e convidar os embaixadores e representantes estrangeiros para acompanhá-lo. Mas está muito preocupado com os primeiros embargos anunciados, principalmente com a atitude da China.
O presidente receia o golpe a um setor considerado imprescindível para ajudar na retomada do crescimento econômico e cujos resultados na exportação são de fundamental importância O problema é que a notícia chegou num momento político ruim, quando há uma tensão com a pré-divulgação da lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que atingirá políticos, incluindo integrantes do primeiro escalão do governo
A ordem agora, de acordo com auxiliares do presidente, é que os Ministérios das Relações Exteriores e da Agricultura atuem “com toda força”. O Planalto quer que as áreas técnicas dessas duas pastas não descansem enquanto não responderem a cada uma das dúvidas dos países para os quais o Brasil exporta, para evitar que os embargos sejam consumados porque revertê-los depois poderá levar anos.
Exagero
Interlocutores diretos do presidente reiteraram nesta segunda-feira, 20, que houve um “certo exagero” da Polícia Federal, ao anunciar a Operação Carne Fraca, por exemplo, “como a maior operação” já realizada. Insistiram que as fraudes foram apenas “pontuais”, atingindo efetivamente apenas 21 das 4.837 unidades frigoríficas do País, sendo que, na verdade, apenas quatro tinham problemas de fraude.
Apesar da insatisfação com a espetacularização, o Planalto tenta dizer que o mal-estar é principalmente do Ministério da Agricultura com a Polícia Federal. A pasta alega não ter sido informada e diz que o modo em que a operação foi divulgada deixou o País em uma situação vulnerável. Para o governo, neste momento, é preciso que sejam explicados detalhes do ponto de vista técnico – do que foi de fato encontrado nas investigações – para tentar minimizar os danos à imagem da carne no exterior. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.







TERMINAL TURÍSTICO NA CIDADE DE ANTÔNIO MARTINS RN






CLIQUE AQUI NA FOTO PARA VER VÍDEOJ J PORTÕES EM ANTÔNIO MARTINS RN







JP Borrachas e Parafusos




VEJA MUITO MAIS 

NAS POSTAGENS MAIS ANTIGAS