SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

ANTÔNIO MARTINS RN BLOG SIGA FÁBIO JÚNIOR VENCESLAU

ANTÔNIO MARTINS RN BLOG SIGA FÁBIO JÚNIOR VENCESLAU
Ouça a Nossa Rádio Venceslau AM

Ouça a Web Rádio Venceslau A M

Ouça a Web Rádio Venceslau A M
Rádio Venceslau Am Para Ouvir Clique no FlowPlayer

PARA OUVIR A Rádio Venceslau Clique no flowplayer

Ouça a Rádio Venceslau Baixe aqui o Aplicativo para seu celular click na imagem abaixo

Ouça a Rádio Venceslau Baixe aqui o Aplicativo para seu celular click na imagem abaixo
Retransmissão Via/Web 24 Horas no AR - Ouça a Rádio Venceslau agora pelo seu celular- Click em cima desta foto e instale o APP é super fácil e rápido.

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

domingo, 2 de julho de 2017

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau



RN acompanha tendência nacional e tem queda na construção civil
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (Paic 2015), comparando os anos de 2014 e 2015 no tocante aos números da construção civil. O balanço geral é de que as estatísticas foram negativas. Houve recuo no número de empresas ativas, na receita operacional líquida, no número de incorporações e também nas construções contratadas por entidades públicas, que perderam participação entre um ano e outro. Os dados servem aos órgãos governamentais e privados, que utilizam as informações para planejamento e estudos mais detalhados do setor.
A indústria da construção somou, em empreendimentos realizados, R$ 354,4 bilhões, o que representa um recuo de 16,5% em relação a 2014. A queda também refletiu com a receita operacional líquida, que, ao encerrar com movimentação de R$ 323,9 bilhões, registrou retração de 18,7% em termos reais. No que concerne o gasto com pessoal ocupado, os números determinaram o correspondente a 33,3% dos custos e despesas das empresas. Já o salário médio mensal passou de R$ 1.970,05 em 2014, para R$ 1.943,43 em 2015 – queda de 1,4%.
O Agora Jornal entrevistou o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Rio Grande do Norte (Sinduscon), Arnaldo Gaspar Júnior, para conhecer sua avaliação sobre esses dados e como eles podem afetar o estado potiguar. No julgamento do empresário e engenheiro, o IBGE constatou, simplesmente, o que era óbvio. Gaspar Júnior apenas discordou de um elemento da pesquisa do Instituto: a retração salarial de 1,4%. De acordo com o presidente do Sinduscon-RN, o que houve, na verdade, foi uma diminuição da massa de mão de obra.
“Houve toda uma retração da economia em 2015 em comparação a 2014. A única coisa que discordo é em relação à queda salarial, porque tanto em 2015, quanto em 2016, houve uma queda da massa salarial – gente que ficou desempregada. Quem ficou empregado, todavia, não teve diminuição do salário; pelo contrário, porque todo o salário é corrigido pela inflação passada. Não existiu essa diminuição salarial, houve demissões porque aumentou o desemprego violentamente”, explicou.
Gaspar Júnior comparou o número de empregados de 2014 para hoje. Segundo o especialista, há três anos, o setor possuía cerca de 40 mil trabalhadores na construção civil, hoje, contudo, há entre 24 mil e 25 mil empregados; uma queda “muito acentuada” que “afetou tanto o Brasil quanto o Rio Grande do Norte, uma vez que os números são, praticamente, lineares”.
O presidente do Sinduscon-RN analisou que o ano de 2017 reservava um ótimo desempenho para a indústria em reflexo da retomada da economia brasileira. Os empresários e profissionais do setor contavam com o êxito das reformas previdenciária e trabalhista em Brasília para que isso acontece. Porém, após as delações da JBS que vieram a público e expuseram o presidente Michel Temer, percebeu-se uma trava na passagens dos projetos de reforma. Agora, admite Arnaldo Gaspar Júnior, não há como prever o que vai acontecer com o setor de empreendimentos da construção civil.
“Só agora no começo de 2017, apresentou-se uma recuperação no emprego da construção. Tínhamos uma retomada bem clara neste primeiro semestre – eram sinais claros da retomada da economia. O mercado estava muito confiante nas reformas trabalhista e previdenciária e na regulamentação da terceirização; tudo isto estava dando um alento muito grande, mas, depois do dia 18 de maio, com a delação da JBS, agora fica todo mundo na expectativa, porque a crise política alimenta as más notícias na economia. Quando a economia estava se recuperando, veio mais crise política”, lamentou. “Não sei como a economia vai se comportar nesse trimestre atual pós-delação; é preciso ter números que ainda não temos, mas com certeza o primeiro semestre deste ano estava sinais claros de recuperação”.






Servidor que atirou em chefes do MPRN estava mentalmente capaz, aponta laudo
O Conselho Nacional do Ministério Público julgou improcedente o incidente de insanidade mental do servidor do MPRN Guilherme Wanderley Lopes da Silva, seguindo laudo pericial, e o considerou imputável na época do crime, ou seja, em plenas condições psíquicas. No dia 24 de março deste ano, o servidor atirou contra o procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, contra o procurador-geral adjunto, Jovino Sobrinho, e contra o promotor Wendell Beetoven, acertando os dois últimos.
Depois do atentado, além do processo na esfera criminal, Guilherme Wanderley virou alvo de processo administrativo disciplinar insaturado pela Corregedoria Nacional do CNMP. O laudo e a decisão do CNMP se referem ao processo administrativo.
Com a decisão do do plenário do CNMP, fica reconhecida a plena capacidade do servidor, na época do episódio, de entender o caráter ilícito do fato a ele atribuído. Além disso, foi retirada a suspensão do Processo Administrativo Disciplinar nº 228/2017-64, instaurado pela Corregedoria Nacional do Ministério Público, e determinado o regular prosseguimento.
Perícia realizada no dia 19 de maio, na sede do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte, concluiu pela imputabilidade do servidor. A junta médica designada para avaliação do processado foi composta por três médicos efetivos do Ministério Público da União.
O conselheiro Walter Agra destaca que o laudo pericial contém dados considerados essenciais pela comunidade de psiquiatras, como a identificação, as condições do exame, o histórico e antecedentes, o exame clínico e o diagnóstico.
Os disparos efetuados por Guilherme tinham como alvo o procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, o procurador-geral adjunto de Justiça, Jovino Pereira, e o promotor de Justiça Wendell Beetoven Ribeiro Agra, tendo atingido os dois últimos. O servidor se apresentou à polícia no dia 25 de março e ficou preso por força de mandado de prisão.
Em maio, a Justiça do RN determinou que o servidor do Ministério Público fosse transferido para um manicômio judiciário. No dia 2 de junho, por falta de vagas no manicômio judicial, o servidor foi transferido para uma clínica psiquiátrica. A defesa de Guilherme alega que ele sofre de “transtornos psicológicos” e pediu a instauração de incidente de insanidade mental. O processo judicial contra ele foi suspenso até que seja concluída a investigação de problemas mentais do servidor.
Com informações do G1/RN






PF suspende emissão de passaporte por tempo indeterminado
Passaporte
A Polícia Federal decidiu suspender na noite desta terça-feira, por tempo indeterminado, a emissão de novos passaportes.
Segundo a PF, a verba destinada ao serviço chegou ao teto orçamentário. Não há mais como destinar mais dinheiro para a fabricação de documentos, a não ser com a edição de uma Medida Provisória ou a aprovação de um projeto de lei pelo Congresso.
Ainda de acordo com a PF, todas as pessoas que já requisitaram o documento vão recebê-lo. Os novos pedidos, no entanto, não têm previsão de entrega.