SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau










🅰️🅿️romoções do Mercadinho São José estão IMPERDÍVEIS.
#VENHAAAAAAAAAAAAA💥
Venha correndo, pegue o seu carrinho de compras e aproveite as grandes ofertas com muito mais economia.🤹🎶🛒
É um Show de Preços Baixos no Mercadinho São José em Antônio Martins RN.
*🔵 Tudo mais Barato
* Entrega em domicílio
* Variedades
* Novidades
* Promoção a cada 15 dias
* Qualidade
* Melhor Atendimento e muito mais.
Mercadinho São José na Avenida Venceslau José de Souza , Bairro Alto da Ema, Antônio Martins RN.
Organização: Dito & Euraxsandra




CLIQUE NO VÍDEO E VEJA TODAS AS OFERTAS: Clique Aqui https://www.facebook.com/fabiojrvenceslau/posts/1544027502287385









‘Tratar o outro como se fosse você’, diz gerente da Caixa no RJ que sentou no chão para atender cliente
Os grandes exemplos na verdade são pequenos. É o dia a dia… É cada hora você fazer a coisa certa, toda vez procurar fazer o melhor, tratar o outro como se fosse você, eu acho que isso é um bom exemplo sim”. Esse é o pensamento do Luiz Cláudio Souza Lima, gerente de relacionamento da Caixa Econômica Federal em Volta Redonda (RJ), que sentou no chão para atender um cliente com deficiência física. A ação foi registrada e fez sucesso nas redes sociais.
Uma professora que estava na agência aguardando atendimento fotografou a atitude e postou nas redes sociais.
“Eu fiquei olhando em volta e de repente eu vi que esse senhor, que não sabia que era o gerente, se aproximou e foi até aquele senhor, sentou no chão com as perninhas cruzadinhas, de igual pra igual, bateu um papinho com ele primeiro, bem descontraído, eles sorriram… E aí eu vi que ele estava atendendo esse senhor. Achei aquilo interessante”, disse Maria Isabel Paiva.
A agência fica na Avenida Amaral Peixoto, no Centro a cidade. Luiz Cláudio trabalha há cinco anos no local.
“Eu estava atendendo normalmente na minha mesa, que fica no interior da agência, e a recepcionista, que fica aqui do lado de fora dando apoio para os usuários, foi me procurar dizendo que tinha uma pessoa que precisava trocar a senha. Eu peguei o aparelho que a gente usa pra facilitar o atendimento e me dirigi a esse setor, na sala de autoatendimento, pra atender o senhor José. E aí, ele tem uma condição física especial, ele não consegue andar. Em razão disso eu me sentei e comecei a conversar e a atendê-lo”, contou Luiz Cláudio.
A imagem deixou muitos admirados. “Quase ninguém faz isso… O amor parece que tá morrendo, né? Acabando. Muito amável ele”, disse uma senhora muito emocionada.
“Se houvesse mais pessoas assim… Nós estaríamos muito bem”, disse outra.
Até a manhã desta quinta-feira (20), a postagem na rede social tinha 29,3 mil curtidas, 8,5 mil compartilhamentos e 3,8 mil comentários.











TRT-RN realizará concurso público para servidor
Os desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) aprovaram, durante sessão do pleno, realizada nesta quinta-feira (20), a proposta de realização de concurso público para servidor.
Com essa decisão, o TRT-RN iniciará os estudos para definir um cronograma de providências a serem tomadas. Ainda não há uma data para a realização do certame.
Vários Tribunais do Trabalho do país estão realizando concurso para servidores. O TRT-RN tem atualmente 650 servidores lotados na capital e no interior do estado e 24 cargos vagos.
A previsão é de que, até o final de 2018, com a aposentadoria de muitos servidores, 121 desses cargos estejam vagos.









Governo vai elevar imposto sobre gasolina, álcool e diesel
Arquivo (Foto: O Globo)
Após um dia de negociações para fechar o decontingencimento do Orçamento, fontes da equipe econômica afirmaram que, ao contrário do que chegou a ser cogitado ao longo do dia, não haverá elevação do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e da Cide (que incide sobre o setor de combustíveis). Com sérias dificuldades para fechar as contas de 2017, a equipe confirmou, porém, o aumento do PIS/Cofins sobre o diesel, a gasolina e o etanol, como havia antecipado a coluna de Míriam Leitão. O aumento terá alíquotas diferenciadas para cada combustível. A ideia, agora, é recorrer a receitas que não são tributárias, como taxas — mas a fonte não especificou que taxas seriam essas.
A medida é uma maneira de reforçar os cofres públicos e evitar que a equipe econômica tenha que fazer um contingenciamento adicional no Orçamento do ano ou mesmo alterar a meta fiscal, aumentando o tamanho do rombo previsto para o ano.
Uma fonte ligada à Presidência da República revelou que um dos argumentos para o aumento de tributos é o déficit da Previdência, estimado em mais de R$ 180 bilhões para este ano.







Casos de Aids aumentam 3% no Brasil, alerta ONU
Aumentou o número absoluto de novos casos de aids no Brasil, em tendência contrária ao que se registra na média mundial. Dados divulgados nesta quinta-feira, 20, pela UNAids, órgão das Nações Unidas para lidar com a epidemia, apontam que o total de novas infecções a cada ano no Brasil aumentou em 3% entre 2010 e o ano passado. No mundo, essa taxa sofreu contração de 11%.
A elevação no País é considerada pequena, passando de 47 mil novos casos em 2010 para 48 mil em 2016. Procurado, o Ministério da Saúde alegou que a grande população causa distorções na análise e teria sido melhor utilizar taxas de detecção da infecção, obtidas pela divisão do número de casos pelo número de habitantes. Assim, os dados epidemiológicos do Brasil indicariam a estabilização da epidemia, com viés de queda.









Sem taxa e 100% digital, Banco Neon vai lançar cartão de crédito
Com zero anuidade ou taxa de manutenção de conta e 100% digital, o Banco Neon anunciou nesta quarta-feira (19) que vai lançar um cartão de crédito. Até então, a fintech só oferecia um cartão de débito da bandeira Visa.
O novo produto deve estar disponível nos próximos meses, segundo a companhia. Assim como o plástico de débito, o cartão de crédito será da bandeira Visa, com zero anuidade. A fintech promete cobrar juros mais baratos do que os grandes bancos de quem atrasar o pagamento da fatura.
“Vamos deixar claro todas as taxas cobradas, pois não queremos que as pessoas se endividem”, disse o CEO da empresa, Pedro Conrade. Oferecer cheque especial está fora dos planos. “É a maior sacanagem que existe”, disse.
O Banco Neon também está desenvolvendo produtos em parceria com empresas para oferecer seguros, câmbio e recarga de celular e transporte no aplicativo. “Se já existem bons produtos no mercado, por que não integrá-los ao Neon?”, disse o CEO.
A fintech também está testando oferecer contas digitais sem taxa de manutenção para pessoa jurídica, com foco em pequenas empresas.
Como outras fintechs, o Banco Neon vende a ideia de que cobra tarifas mais baixas, com mais transparência e atendimento mais fácil do que os bancos tradicionais. O Neon acaba de completar um ano, com 180 mil clientes, e pretende ter 1 milhão até o final de 2018.
Focada em “millenials”, a fintech lançou serviços como transferências via Siri, a assistente pessoal do iPhone que entende comandos de voz, e autenticação por selfie em vez de senha.
O aplicativo também tem uma ferramenta de planejamento financeiro que permite criar objetivos e agendar aplicações automáticas em um CDB que paga 90% do CDI. Por enquanto, o app não oferece outros investimentos.






Prefeitos criticam e pedem revisão da alta do tributo sobre combustíveis
A FNP (Frente Nacional de Prefeitos) criticou nesta quinta-feira (20) a decisão do governo Michel Temer de aumentar o imposto sobre os combustíveis para tentar resolver o rombo nas contas públicas.
A entidade divulgará uma nota em que se diz “surpresa” e “descontente” com o anúncio da equipe econômica de Temer e pedirá que o governo reconsidere a medida que dobra o PIS/Cofins que incide sobre a gasolina, de R$ 0,38 para R$ 0,79 o litro.
Com isso, o litro do combustível poderá ficar até R$ 0,41 mais caro nas bombas.
Segundo os prefeitos, era preciso adotar uma solução que contemplasse não apenas o governo federal, mas também Estados e municípios que, afirmam, também são atingidos pela crise econômica.
De acordo com o texto, os prefeitos dirão que fizeram propostas alternativas aos ministérios da Fazenda e Planejamento, como a implantação da Cide municipal como alternativa para baratear o valor das tarifas dos transpostas públicos.
No entanto, argumentam, o “governo federal tem colocado obstáculos, mesmo com os estudos técnicos apontando que a proposta é deflacionária, já que um eventual aumento nos combustíveis seria contraposto por uma diminuição ainda maior nas tarifas de transporte coletivo”.
A equipe de Temer estudou também um aumento da Cide, mas a proposta perdeu força exatamente porque seria necessário dividir o bolo entre Estados e municípios.
“Se o problema é de todos, as soluções também deveriam ser. Por isso os prefeitos pedem reconsideração em relação a essas medidas”, completa a nota da FNP.
Confira a íntegra da nota:
“A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) manifesta surpresa com a decisão do governo federal de aumentar tributos sobre os combustíveis por meio de receitas não partilháveis com estados e municípios. A crise econômica afeta gravemente todos os entes federados e as soluções deveriam contemplar esse cenário.
Há mais de um ano a FNP defendeu, para a equipe econômica do governo, a implantação da Cide municipal como alternativa para baratear o valor das tarifas de transporte público. No entanto, o governo federal tem colocado obstáculos, mesmo com os estudos técnicos apontando que a proposta é deflacionária, já que um eventual aumento nos combustíveis seria contraposto por uma diminuição ainda maior nas tarifas de transporte coletivo.
Assim, a FNP registra sua posição de descontentamento com a postura do governo de cobrir o rombo federal sem contemplar os demais entes federados. Se o problema é de todos, as soluções também deveriam ser. Por isso os prefeitos pedem reconsideração em relação a essas medidas.”








Governo mais que dobra imposto da gasolina e corta R$ 5,9 bi em gastos
O presidente Michel Temer anunciou nesta quinta-feira, 20, um corte adicional de R$ 5,9 bilhões no Orçamento deste ano. A decisão é mais uma ameaça à prestação de serviços públicos essenciais, que já estava estrangulada com o corte de R$ 39 bilhões anunciado no início do ano. Dessa vez, o novo bloqueio veio acompanhado do aumento do PIS e Cofins para a gasolina, diesel e etanol. No caso da gasolina, a alíquota quase dobrou.
Com a decisão, o litro da gasolina vai ficar até R$ 0,41 mais caro nas bombas a partir desta sexta-feira, 21, caso haja repasse integral ao consumidor. Só de PIS/Cofins, o desembolso será de R$ 0,7925 por litro após a alta. No caso do diesel, a alíquota subirá de R$ 0,2480 para R$ 0,4615 o litro nas refinaria.
Nem o etanol escapou dos reajustes, embora representantes do setor tenham intensificado reclamações sobre a falta de competitividade do combustível diante do baixo preço da gasolina. Para o produtor, a alíquota subiu um centavo, para R$ 0,1309 por litro. Na distribuição, o impacto será mais forte, pois o PIS/Cofins estava zerado e passará a R$ 0,1964 por litro.
A projeção é de que a alta na tributação dos combustíveis gere uma receita extra de R$ 10,4 bilhões até o fim do ano. Ainda assim, a cifra não foi suficiente para evitar o novo corte.O anúncio conjunto das duas medidas acontece justamente no momento em que o presidente busca apoio político para conseguir permanecer no cargo depois do pedido de afastamento apresentado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra ele.
Segundo apurou o Estadão/Broadcast, o governo espera reverter em duas semanas o aperto adicional, que eleva o bloqueio atual do Orçamento para R$ 44,9 bilhões. Antes, terá que provar ao Tribunal de Contas da União (TCU) a viabilidade do ingresso de novas receitas.
Entre elas estão R$ 2 bilhões de precatórios (pagamentos de valores devidos em ações judiciais que não foram resgatados na Caixa), outros R$ 2 bilhões da renegociação do contrato de concessão do aeroporto Riogaleão e R$ 800 milhões de uma medida regulatória ainda não editada para recuperar benefícios pagos indevidamente a pessoas que já morreram.
Desde que Temer assumiu o cargo, a ala política do governo resistia a fazer um aumento forte de imposto, apesar das sucessivas frustrações de receitas e dos alertas da área econômica. Durante o processo do impeachment da ex-presidente, Temer teve o apoio de empresários contrários ao aumento da carga tributária e, por isso, a medida era um tabu para o Palácio do Planalto.
Apesar do desgaste político, o governo agora optou em garantir o cumprimento da meta fiscal, que não pode ultrapassar o déficit de R$ 139 bilhões neste ano. Até o início da tarde de ontem, a equipe econômica buscava aumentar as previsões de receitas para diminuir a necessidade de corte para um nível de R$ 2 bilhões, o que não foi possível. A possibilidade de elevação de outros tributos, como o IOF sobre câmbio e crédito, foi estudada, mas acabou sendo descartada.
Em reunião com o presidente Temer, os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento acertaram o corte com a cautela maior. A preocupação era com a responsabilização mais tarde, caso a meta fiscal não fosse atingida por conta de inesperadas frustrações de receitas extraordinárias, sem tempo hábil para que novas altas de tributos surtissem efeito na arrecadação deste ano.





Homem rouba ambulância do Samu e é detido pela polícia no interior do RN
A população da cidade de Macau, na Região Salineira do Rio Grande do Norte, se deparou nesta quinta-feira (20) com uma cena incomum. Um homem roubou uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no momento em que os profissionais realizavam um atendimento no bairro São Pedro. O suspeito, no entanto, sofre de transtornos mentais e foi parado pela polícia.
De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Militar, o motorista do Samu deixou o veículo aberto enquanto os médicos realizavam um atendimento. Foi quando o homem se aproximou, entrou na ambulância e saiu dirigindo pela cidade. Ninguém se feriu durante o percurso.
Ainda segundo a assessoria da PM, a viatura do Samu foi interceptada por policiais militares que realizavam ronda no bairro. Os policiais identificaram que o suspeito tem problemas mentais e então o conduziram a um hospital. Ao chegar lá, verificou-se que os profissionais da unidade hospitalar não conseguiriam mantê-lo no local, porque ele estava bastante agitado.
Depois disso, informou a assessoria de imprensa da Polícia Militar, o homem foi conduzido à Delegacia de Macau, onde permaneceu detido até a chegada de seus familiares.






Homem é preso tentando invadir casa da ex, em Pau dos Ferros
Na madrugada desta quinta-feira (20), os policiais militares da RP do 7º BPM com apoio de uma viatura do 4º DPRE receberam uma informação de que uma mulher que mora na Rua Carloto Távora, no Bairro São Benedito, em Pau dos Ferros/RN, estaria sendo ameaçada pelo ex-companheiro.
Conforme informações policiais, ao chegarem à casa da vítima, os militares encontraram o agressor, de 54 anos, tentando invadir a residência. Porém, quando o autor percebeu as viaturas tentou fugir, mas não teve sucesso e acabou capturado, sendo apreendido em seu poder uma faca peixeira e um pedaço de madeira de aproximadamente 80 cm de comprimento.
Investigando a ficha do suspeito, os policiais descobriram que ele já respondeu pela pratica de um homicídio no estado de São Paulo, onde cumpriu pena de mais de dez anos prisão. O homem foi imediatamente preso e levado à Delegacia de Polícia civil, permanecendo a disposição da Justiça. *Nosso Paraná.







Mulheres que disseram residirem em Pau dos Ferros praticam golpe contra comerciante em Riacho da Cruz
Na manhã desta quinta-feira (20) duas mulheres chegaram a casa de uma comerciante pedindo esmolas para a Santa Luzia, a mulher fez a doação de R$ 2, a comerciante que reside no Centro da cidade de Riacho da Cruz/RN, após a doação as mulheres que se diziam residentes em Pau dos Ferros/RN, ofereceu pano de prato e a vítima disse não interessava o produto, foi ai que uma das mulheres pediu para fazer uma oração pelo gesto de caridade, então a dona casa abriu o portão.
Segundo a vítima o que vem em sua memória, que ao abrir o portão a desconhecida pegou em sua mão direita e colocou uma substancia semelhante a areia e a partir daí não recorda de mais nada, mesmo não tendo adormecido ficou desorientada, aproveitando as mulheres subtraíram dois cordões em ouro, avaliados em R$ 2 mil e ainda R$ 200 em espécie, só recuperando sua memória no período vespertino com a chegada de seu esposo e foram avisar a Polícia local só informada do fato delituoso muito tempo depois, mesmo assim ainda buscaram informações sobre o paradeiro das desconhecidas, não obtendo êxito.
As mulheres foram flagradas por câmeras de segurança e a Polícia aguarda a colaboração da população para identificar as larapias. *Nosso Paraná.






Com média de 500 denúncias por mês, Disque 181 é importante ferramenta de combate ao crime
Uma das principais ferramentas da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) no combate ao crime, o Disque Denúncia 181 tem recebido um grande fluxo de informações e conseguido resultados importantes, graças ao apoio da própria população.
Cerca de 500 denúncias chegam pelo serviço todos os meses, o que tem resultado em aproximadamente 20 prisões mensais – como de foragidos da Justiça e traficantes – além da apreensão de drogas, armas e veículos.
Ao ligar para o Disque Denúncia, o popular não precisa de nenhum tipo de identificação. A informação recebida pelo atendente é enviada para o setor de inteligência das forças de segurança do Estado, que irá analisar a veracidade dos dados repassados. Dependendo do teor do que foi repassado, os policiais que estão trabalhando nas ruas são acionados.
Vale salientar que, por ser um canal exclusivo para receber denúncias – as ocorrências e emergências devem ser dirigidas para o 190 – o 181 tem um horário de funcionando restrito, das 6h até a meia noite.
“ Contamos com a ajuda da população para utilizarmos essa importante ferramenta que é o 181. As denúncias estão ajudando na elucidação de vários crimes”, enfatizou a secretária de Segurança e Defesa Social, Sheila Freitas.
Outro fator importante é que a população evite a realização dos chamados trotes. Para se ter uma ideia do problema, contando com as 500 denúncias mensais, o Disque 181 recebe uma média de 2500 ligação todos os meses. As outras 2 mil estão divididas entre pedido de informações, registro de ocorrências e principalmente os trotes, que acabam congestionando as linhas, o que faz com que pessoas que queiram passar informações importantes para a Sesed, desistam. Além disso, as forças de segurança ‘perdem tempo’ com essas situações, quando podiam estar focadas em situações reais.




Turismo de inverno tem aquecido economia do Rio Grande do Norte
Apesar de ficar em uma das regiões mais quentes do Brasil, o Nordeste contém algumas cidades que se beneficiam do clima frio para atrair turistas na estação de inverno. Alguns destes municípios, como Martins e Portalegre, por exemplo, estão localizados no Rio Grande do Norte e ajudam o estado, mais famoso por suas locações cálidas, a não perder na geração de receitas durante este período do ano.
O Agora Jornal conversou com a prefeita de Martins, Olga Fernandes (DEM), para conhecer mais sobre esta realidade curiosa do turismo potiguar, bem como suas atrações e benefícios. “Martins hoje é, essencialmente, uma cidade turística. O que faz o dinheiro girar é o turismo. Neste período de inverno, vivemos nossa alta estação”, explicou.
A prefeita contou que já tomou providências para que os turistas que estiverem em Martins no início de agosto não fiquem entediados. “Para completar, fechamos para os dias 4, 5 e 6 de agosto a realização da 11ª edição do Festival Gastronômico e Cultural de Martins. A prefeitura está fazendo, pela primeira vez, o evento sozinha. Teremos vários restaurantes, lanchonetes, tendas de vinho, tenda literária e de artesanato, além de shows de artistas de jazz, MPB, pagode e samba no coreto. No palco maior – são dois palcos –, teremos outros artistas. Vai ser grandioso e bacana”, prometeu.
No Rio Grande do Norte, têm sido comuns chuvas fortes neste período invernal. Em Martins as baixas temperaturas não são exceção. Olga Fernandes, todavia, acredita que isso é mais um bônus que se soma aos destaques naturais da cidade. “Comumente está fazendo 15 graus à noite. Tudo isso torna muito agradável o clima para curtir as belezas naturais e a gastronomia”.
Para receber turistas, qualquer cidade precisa ter uma estrutura adequada, isto é, se quiser que os visitantes retornem mais vezes. De acordo com a prefeita de Martins, a cidade está muito bem equipada para conseguir esta pretensão.
“São 640 leitos de hospedagem que estão praticamente lotados todas as semanas. Gira um valor financeiro considerável nesta época do ano. Nossa cidade é bem estruturada e organizada. Temos facilidade de mobilidade. Os acessos para as pessoas se dirigirem a Martins são bons”, celebrou.
Martins, contudo, precisa lidar com uma das menores verbas concedidas pela União – o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) –, por ser uma cidade pequena (tem apenas 9 mil habitantes). Para sobreviver, nas palavras da prefeita Olga, é através da criatividade que o município busca soluções. Por isso, a importância do turismo de inverno para a economia local.
O município de Martins arrecada, segundo informações da Controladoria-Geral, uma média de R$ 40 mil por mês apenas de ISS (Imposto Sobre Serviços). Isso significa que Martins recolhe cerca de R$ 480 mil de tributos em virtude da atividade turística. Nesta época do ano, a média sobe. O ISS representa 5% de todo o faturamento das empresas do município. Então, se forem considerados os outros 95%, significa que, por mês, giram cerca de R$ 800 mil.
PORTALEGRE E SERRA DE SÃO BENTO
Além de Martins, também se beneficiam do turismo de inverno os municípios de Serra de São Bento e Portalegre. De acordo com Manoel Freitas (PP), prefeito da cidade que – quase – compartilha o mesmo nome da capital gaúcha, a prática do turismo de inverno é de extrema de importância para Portalegre, uma vez que é uma atividade que gera ocupação e renda. Ainda segundo ele, a cidade possui uma boa estrutura de hotéis e várias pousadas que, para o tamanho do município (110km²), se encontram em números adequados.
Localizada na Região da Borborema Potiguar, Serra de São Bento também é conhecida por seu turismo de inverno. É besta época que é realizado um alegre Festival de Inverno que reúne milhares de turistas todos os anos no mês de agosto. O Festival da Cachaça e o Festival Gastronômico são atrações que fazem parte da programação. Para completar, a região favorece à prática do ecoturismo e esportes radicais, como cavalgadas, trekking, moutainbike e trilhas.