SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Antônio Martins RN


🎇O Arraiá de Ofertas e preços baixos no Mercadinho São José já começou e a fogueira da economia já está acessa. 🎆🎉🎈🛒☸️
✴️✳️✳️✴️❇️❇️
🅰️s 🅿️romoções do Mercadinho São José estão IMPERDÍVEIS.
#VENHAAAAAAAAAAAAA💥
Venha correndo, pegue o seu carrinho de compras e aproveite as grandes ofertas com muito mais economia.🤹
É um Show de Preços Baixos no Mercadinho São José em Antônio Martins RN.


*🔵

Tudo mais Barato
* Entrega em domicílio
* Variedades
* Novidades
* Promoção a cada 15 dias
* Qualidade
* Melhor Atendimento e muito mais.
Mercadinho São José na Avenida Venceslau José de Souza , Bairro Alto da Ema, Antônio Martins RN.
Organização: Dito & Euraxsandra


CLIQUE AQUI E VEJA AS PROMOÇÕES





Abalo sísmico volta a ser registrado em João Câmara, região Agreste do RN
Era por volta das 8h30 deste sábado, quando a população de João Câmara, cidade distante 73km de Natal e situada na região Agreste do Rio Grande do Norte, sentiu um novo abalo sísmico.
Logo depois do fato, as redes sociais ficaram enfervecidas com os comentários dos moradores. Pouco tempo depois, a situação foi confirmada pela Defesa Civil da cidade.
Segundo o Departamento de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis), o tremor registrado foi de 2,1 graus na escala Richter, considerado fraco.
Historicamente, João Câmara é bastante conhecida pelos abalos. Isso porque a cidade está situada na falha geológica da Samambaia, o que acaba gerando os constantes tremores no município.





Governo espera aprovar reforma da Previdência até agosto
O secretário da Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, disse NESTE DIA (16), no Recife, que o governo espera aprovar a reforma da Previdência até agosto, e no formato em que foi aprovada na comissão especial criada para tratar do tema na Câmara dos Deputados.
“Quem define a velocidade de tramitação e o conteúdo dessa matéria é o Congresso Nacional. O Congresso tem total autonomia. A perspectiva do Executivo é manter o plano da reforma tal qual foi aprovada na comissão especial, sem alterações e também na perspectiva de aprovação até agosto deste ano”, afirmou. “O governo está confiante”, acrescentou.
Caetano falou à imprensa depois de debate promovido pelo jornal Diário de Pernambuco sobre a reforma da Previdência. As declarações foram dadas em resposta ao questionamento da existência de clima político para aprovação da proposta, depois da delação dos empresários da JBS.
Há ainda um recesso parlamentar de 18 a 31 de julho, mas o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ontem (15) que, caso a Procuradoria-Geral da República (PGR) decida denunciar Temer por causa da delação da JBS, a Casa pode suspender o período de descanso para dar prioridade ao pedido. O Supremo Tribunal Federal (STF) só pode investigar o presidente caso a Câmara vote nesse sentido.
Reforma em discussão
O debate contou ainda com o secretário especial do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Arnaldo Barbosa de Lima Junior, e o economista e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), André Magalhães, que defenderam a reforma, além do auditor da Receita Federal e professor de direito previdenciário Hugo Góes, que criticou o modelo proposto pelo governo federal.
A principal defesa dos representantes do governo é de que a reforma é necessária e urgente diante da diferença negativa entre o que é pago como contribuição à Previdência e o que ela paga de volta aos brasileiros. De acordo com o secretário Marcelo Caetano, em 2016 o chamado “rombo do INSS” chegou a R$ 150 bilhões. Por isso, segundo ele, seria preciso fazer as mudanças para garantir a possibilidade de existência do sistema a médio e longo prazo.
Para o professor Hugo Góes, o sistema de seguridade social inclui outras formas de financiamento além da constribuição previdenciária, como a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e a Contribuição sobre o Lucro Líquido (CLL), e, por isso, ele é superavitário, ou seja, há dinheiro para pagar todas as despesas das aposentadorias e demais benefícios.
Conforme Góes, o problema é que o governo federal realiza o cálculo levando em conta apenas a receita da Previdência, ao contrário do que determina a Constituição Federal. Segundo ele, mesmo se o cálculo for feito do jeito apresentado pela União, o déficit poderia ser revertido com duas medidas: o fim de renúncias fiscais ligadas ao desconto no pagamento da contribuição do empregador à Previdência e a saída da aposentadoria rural do regime geral.
Marcelo Caetano respondeu que as duas questões constam da proposta de emenda à Constituição (PEC) 287/2016. O secretário informou que a contribuição rural do que está sendo exportado está sendo revista [uma modalidade de isenção]. Acrescentou que novas renúncias não podem ser criadas por meio de emenda constitucional, mas por desoneração de folha, iniciativas mais abrangentes apresentadas este ano”.





Movimento do comércio sobe 2,7% em maio, diz SBPC
Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) apontam que o Movimento do Comércio subiu 2,7% em maio, considerando os dados mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior) houve queda de 3,0% frente aos 12 meses antecedentes. Já na comparação mensal contra o mesmo mês do ano anterior, houve diminuição de 1,1%.
Desde novembro de 2016 o indicador do varejo vem gradualmente se recuperando quando observado na aferição acumulada em 12 meses, ainda que apresente um ritmo menor do que o esperado no início do ano. Contudo, para as próximas aferições aguardam-se resultados mais otimistas, uma vez que os efeitos da redução de juros, iniciada no terceiro trimestre de 2016, devem ser observados com mais intensidade, assim como uma melhoria dos níveis de renda, continuidade da redução do nível de preços, entre outros fatores.
Setores
Na análise mensal, dentre os principais setores, o de “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou alta de 5,2% entre abril e maio, descontados os efeitos sazonais. Nos dados sem ajuste sazonal, a variação acumulada em 12 meses foi negativa em 2,8%.
A categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” subiu 0,4% no mês, expurgados os efeitos sazonais. Já na comparação da série sazonal, nos dados acumulados em 12 meses houve recuo de 7,8%.
A atividade do setor de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” subiu 0,7% no mês na série dessazonalizada. Na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses recuou 1,8%.
Por fim, o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” apresentou estabilidade em maio considerando dados dessazonalizados, enquanto na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses apresentou queda de 4,4%.





Joesley se contradisse duas vezes na entrevista da Época
Joesley Batista, dono da JBS, durante entrevista à Folha em fevereiro
O empresário Joesley Batista, da JBS, caiu em contradição em pelo menos dois pontos na comparação entre a entrevista concedida à revista “Época” e o depoimento à PGR (Procuradoria-Geral da República) no acordo de delação premiada.
Ele indicou uma data diferente sobre seu primeiro contato com o presidente Michel Temer e deu uma nova versão sobre os encontros iniciais com o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).
Em entrevista publicada no site da “Época” na sexta-feira (16), Joesley afirmou: “Conheci Temer através do ministro Wagner Rossi [PMDB], em 2009, 2010. Logo no segundo encontro ele já me deu o celular dele. Daí em diante passamos a falar. Eu mandava mensagem para ele, ele mandava para mim. De 2010 em diante. Sempre tive relação direta”.
A data é diferente da que ele forneceu no depoimento prestado à PGR como parte do acordo de delação premiada, em vídeo gravado no dia 7 de abril passado.
Na ocasião, Joesley declarou que só conheceu Temer depois da eleição do peemedebista como vice-presidente na chapa da petista Dilma Rousseff. O executivo inicialmente disse que conhecia Temer já fazia “cinco, seis anos”, mas foi interrompido por um procurador. Em seguida, diz: “O presidente Michel Temer conheci há cinco, seis anos atrás, ele já como vice-presidente. Quem me apresentou foi o ex-ministro Wagner Rossi, nomeado por ele”.
Temer tomou posse no cargo em 1º janeiro de 2011, portanto depois de “2009, 2010”.
Antes, Joesley havia entregado um “anexo”, versão preliminar do que prometia dizer em depoimento, no qual também mencionava que havia conhecido Temer antes da posse na Vice-Presidência.
Nesse documento, Joesley escreveu ter conhecido Rossi em “abril ou maio” de 2010 e que, “poucas semanas depois”, o então ministro da Agricultura o levou para conhecer pessoalmente Temer em seu escritório na praça Panamericana, em São Paulo.
HOMEM DA MALA
Em uma segunda contradição, Joesley alterou a ordem dos acontecimentos na sua relação com Rodrigo Loures -que está preso em Brasília após ter recebido uma mala com R$ 500 mil da JBS. No depoimento, Joesley afirmou ter sido dele a iniciativa de procurar Loures para estabelecê-lo como um novo interlocutor no Planalto.
Disse que tomou essa decisão após denúncias atingirem seu contato frequente, o então ministro Geddel Vieira Lima (PMDB).
“Quando ele [Geddel] passou a ser investigado, eu, como investigado também, não pude mais falar com o Geddel, pela proibição da Justiça. Foi onde eu procurei o Rodrigo Rocha Loures. […] Quando eu liguei para ele [Loures], ele ainda estava no Palácio. Era assessor da Presidência. Eu liguei: ‘Rodrigo, eu precisava falar com o presidente Michel’. Isso era um sábado. Passou um pouco e ele até comentou que o presidente tinha me ligado.”
No domingo, segundo Joesley, Loures ligou a fim de combinar um café no hotel Fasano, em São Paulo.
Na entrevista à revista, Joesley inverteu a ordem dos acontecimentos e omitiu a história da iniciativa de seu telefonema a Loures e o café no hotel. Ele alegou à revista que conhecia Loures “apenas de vista”, e que Temer é que trouxe o nome do seu ex-assessor.
“Estava sem interlocução. Aí ele [Temer] falou do Rodrigo [Loures]”, disse Joesley. A revista quis saber se o empresário conhecida Loures. O empresário respondeu: “Conhecia de vista. E ele [Temer] me indica o Rodrigo como uma pessoa da mais estrita confiança.”
OUTRO LADO
A assessoria de imprensa de Joesley Batista, a cargo da FSB Comunicação, afirmou neste domingo (18) que o empresário “foi apresentado a Michel Temer entre os anos de 2010 e 2011, quando o peemedebista ocupava o cargo de vice-presidente, pelo então ministro Wagner Rossi”. Temer, contudo, passou a ocupar o cargo em janeiro de 2011, não em 2010.
A resposta não esclareceu qual o mês do primeiro encontro entre Joesley e Temer.
Sobre o ex-deputado federal Rodrigo Loures (PMDB-PR), segundo a assessoria “Joesley confirma que tinha conhecimento de que Rodrigo Rocha Loures seria auxiliar de Temer, mas não tinha relação de proximidade com Loures. A primeira vez que houve conversa específica entre o empresário e Loures foi em 6 de março de 2017, dia anterior ao encontro com Michel Temer”.
A JBS foi indagada pela Folha por que, na entrevista concedida à revista “Época”, o empresário disse que conhecia Loures apenas “de vista” antes do encontro com Temer, mesmo tendo tomado um café com o ex-deputado, segundo sua própria versão à PGR, mas não houve uma resposta sobre esse ponto.
“Essas informações e todos os outros atos relacionados à colaboração com a Justiça foram comunicados à Procuradoria-Geral da República. As informações, dados e provas encontram-se em poder da Justiça, órgão responsável pela avaliação de tais documentos. Joesley Batista e suas empresas prosseguem com o firme propósito de colaborar com a Justiça brasileira”, informou a assessoria de Joesley.
O ex-ministro Wagner Rossi, procurado neste domingo (18) por email, não havia dado um retorno a um pedido de esclarecimentos até o encerramento deste texto.
Em mensagem enviada a órgãos de imprensa no dia 19 de maio, quando foi noticiado que a delação de Joesley mencionava seu nome, Rossi disse que conheceu Joesley “no período em que foi ministro” da Agricultura, de abril de 2010 a agosto de 2011, e que “não viu problema” em apresentar o dono da JBS a Michel Temer, pois Joesley era considerado “um grande empresário do setor, de trato cordial”. Rossi escreveu ainda que “o texto da delação não diz que eu tenha participado de reunião para tratar de qualquer ilícito”. Afirmou também que encerrou sua “atividade pública” e está aposentado “há quase seis anos”.





Acidente de trânsito com vítima fatal em Serrinha dos Pintos
Na tarde deste sábado(17), na RN 117 na altura do Sítio Vertentes, na zona rural do município de Serrinha dos Pintos, foi registrado um acidente de trânsito. Um caminhão Mercedes Benz de cor branca, pertencente a uma empresa prestadora de serviço a COSERN que estava com a carga de postes de energia elétrica, apresentou problemas nos freios e saiu da pista na descida da serra por volta das 17h00. Foi registrada uma vítima fatal identificada como sendo Jailton Gonzaga Pereira, 51 anos e seu companheiro ferido, qual foi socorrido para uma unidade de saúde e não foi informado o seu estado de saúde. *Nosso Paraná.



Elemento invade casa em Pau dos Ferros e faz ameaças a proprietária

Imagem ilustrativa
Um Roubo à residência foi registrado no início da noite desta sexta-feira (16), no Bairro Chico Cajá, na cidade de Pau dos Ferros/RN.
De acordo com informações um malévolo com o rosto coberto e armado com uma faca, conseguiu danificar a acerca elétrica e invadir a casa quando se deparou com a proprietária, o meliante fez ameaças e subtraiu cerca de R$ 150 em seguida fugiu do local deixando a vítima em estado de choque.
A Polícia foi acionada fez diligências mas não obtiveram êxito nas buscas. O roubo aconteceu por volta das 18h30. *Nosso Paraná.



Casal é preso pela polícia enquanto arrombava comércio em Pau dos Ferros
O casal identificado como Francisco Rogério da Silva Souza, conhecido como Rogerinho, de 18 anos, e Maria Luziana Gomes, conhecida como Lulu, de 30 anos, ambos residentes no bairro Alto São Geraldo, em Pau dos Ferros/RN, foram presos na noite de quinta-feira (15), por volta das 23h00, por uma guarnição da Polícia Militar, após arrombar um estabelecimento comercial no Centro de Pau dos Ferros/RN. O casal foi flagrado ainda no interior do imóvel, com duas mochilas contendo 19 garrafas de uísque, uma caixa de cachaça Pitu e três caixas de cerveja.
O casal e todo o material apreendido foi levado para delegacia de polícia para serem autuados em flagrante. Ele ficará preso no CDP de Pau dos Ferros em razão de ter completado sua maioridade penal há pouco tempo. Já Lulu ficará presa no estacamento do Encanto a disposição da justiça.
*NPRN