SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau


Celular ‘xing-ling’ será bloqueado no Brasil; consulte modelos
A Anatel está disposta a acabar com o mercado de celulares piratas no Brasil. O órgão vai bloquear o acesso dos smartphones do mercado cinza, também conhecidos como ‘xing-ling’. A decisão vai afetar os modelos que não tiverem a homologação da Agência Nacional de Telecomunicações e o IMEI cadastrado na GMSA, uma espécie de impressão digital internacional que está em todos os telefones produzidos de forma oficial.
Ainda tem dúvidas sobre a medida? A seguir, o TechTudo explica quais modelos estão passíveis de entrar nesta lista. Descubra se o seu celular pode ficar inutilizável após o bloqueio e quando isso ocorrerá.
Quais celulares serão bloqueados?
Os smartphones que a Anatel pretende bloquear precisam atender uma série de requisitos. Além de não terem sido regulados pelo órgão, eles também precisam ter o IMEI fora dos cadastros da GSMA (GSM Association), entidade que reúne as operadoras de celular do mundo. Basicamente, esses smartphones são aqueles aparelhos sem marca reconhecida, clone de modelos famosos com o preço abaixo do mercado.
Outro fator importante é que apenas os smartphones que tentarem acessar a rede de telefonia a partir do dia 30 de junho de 2017 serão bloqueados. Aparelhos que já estão em operação antes dessa data – mesmo aqueles sem certificação da Anatel ou IMEI válido – vão permanecer funcionando sem maiores problemas.
Como saber se o seu celular entra no bloqueio?
A Anatel criou o site Consulta Celular Legal, dedicado à consulta sobre a situação do IMEI do smartphone. Internautas em dúvida sobre o próprio smartphone devem acessar a página e colocar o número do IMEI. A própria agência informa se ele tem autorização para funcionar no país ou se será desativado. O endereço também informa se o telefone foi perdido ou roubado, e por isso faz parte de uma espécie de lista negra nacional.
Todos os celulares importados serão bloqueados?
Nem todos os smartphones importados serão bloqueados. Os modelos que não possuem certificação da Anatel, mas têm o IMEI cadastrado na GSMA continuarão funcionando normalmente. Ou seja, dificilmente a decisão vai afetar marcas conhecidas, como Xiaomi, OnePlus e Meizu, entre outros modelos que normalmente os brasileiros trazem de fora durante suas viagens, mesmo que o aparelho não seja vendido oficialmente no Brasil.
Como será feito o bloqueio?
Quando um aparelho pirata tentar se conectar às redes 4G, 3G e 2G das operadoras brasileiras pela primeira vez, a Anatel irá fazer o cruzamento dos smartphones certificados pelo órgão com o banco de dados de IMEIs válidos da GSMA.
Se o celular estiver irregular, o usuário receberá uma mensagem SMS avisando que o aparelho não será mais aceito na rede de telefonia brasileira. Após 75 dias do alerta, o smartphone será bloqueado e não conseguirá acessar os serviços de 4G, 3G e 2G.
Em outras palavras, o consumidor não poderá fazer ligações nem usar a internet móvel. O Wi-Fi continuará funcionando normalmente.
A discussão da Anatel com as operadoreas e a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) sobre a proibição de smartphones piratas no Brasil já dura três anos. Se por um lado a entidade representativa dos fabricantes acredita que o bloqueio deve ser feito dentro do prazo estipulado, por outro, as operadoras estão receosas quanto à necessidade de adaptação no atendimento ao consumidor. demanda dos SACs devem aumentar, já que a estimativa é de cerca de 1 milhão de telefones piratas entrem em funcionamento todos os meses.
A decisão foi aprovada em reunião administrativa e vai passar ainda pelo Conselho Diretor, que pode alterar o cronograma.
“Pode haver um adiamento do início da implantação do sistema, mas por enquanto está previsto que as empresas devem começar a mandar mensagens com avisos para os usuários a partir do dia 30 de junho”, diz a Anatel em comunicado.
Globo via Techtudo









Consumo excessivo de redes sociais afeta o cérebro, diz estudo
Com os smartphones somos capazes de estar em constante comunicação com amigos e ligados a tudo o que se passa por via das redes sociais. É uma capacidade incrível, mas que faz com que estejamos constantemente verificando os nossos feeds do Facebook ou do Instagram – uma compulsão que pode ter efeitos reais no nosso cérebro.
É para esta conclusão que aponta o estudo publicado pelo Behavioural Brain Research e compartilhado pelo PsyPost. Com recurso a ressonâncias magnéticas, os investigadores foram capazes de verificar alterações na área do cérebro comprovadamente afetada por vícios, verificando uma diminuição cada vez maior de massa cinzenta.
Ainda que não tenha sido possível criar uma ligação conclusiva entre o uso de redes sociais e a redução de matéria cinzenta, os investigadores adiantaram que continuarão a reunir dados que permitam tirar conclusões com uma base mais sólida.





Resultado de imagem para promoçao gifs


As Promoções do Mercadinho São José estão IMPERDÍVEIS.
#VENHAAAAAAAAAAAAA
Venha correndo, pegue o seu carrinho de compras e aproveite as grandes ofertas com muito mais economia.
É um Show de Preços Baixos no Mercadinho São José em Antônio Martins RN.

* Tudo mais Barato
* Entrega em domicílio
* Variedades
* Novidades
* Promoção a cada 15 dias
* Qualidade
* Melhor Atendimento e muito mais.

Mercadinho São José na Avenida Venceslau José de Souza , Bairro Alto da Ema, Antônio Martins RN.
Organização: Dito & Euraxsandra Florêncio de Mesquita








Palocci pede prisão domiciliar para delatar banco, empresas e Lula
Antonio Palocci (front), former finance minister and presidential chief of staff in recent Workers Party (PT) governments, is escorted by federal police officers as he leaves the Institute of Forensic Science in Curitiba, Brazil, September 26, 2016. REUTERS/Rodolfo Buhrer ORG XMIT: BRA103
O ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci tenta negociar, em acordo de delação premiada, que sua pena seja cumprida em um ano de prisão domiciliar e que seus depoimentos sejam focados em banqueiros e empresários, além do ex-presidente Lula.
Preso desde setembro de 2016, o petista tem se dedicado, no último mês, à elaboração de sua proposta de acordo com a Procuradoria-Geral da República e a força tarefa da Lava Jato em Curitiba.
Para ter sua delação aceita pelos investigadores, Palocci decidiu revelar os detalhes de operações supostamente irregulares cometidas pelo ex-presidente e um dos donos do BTG Pactual, André Esteves, e o ex-dono do Pão de Açúcar Abílio Diniz.
No caso de Esteves, o ex-ministro promete explicar supostas vendas de medidas provisórias no Congresso para bancos privados, nos quais, segundo Palocci, o banqueiro esteve envolvido.
Sobre Abílio, o petista diz, segundo a Folha apurou, que pode detalhar suposta manobra para tentar mantê-lo no controle do Grupo Pão de Açúcar, em meio à disputa com a francesa Casino. O imbróglio, que durou dois anos, não deu certo e culminou na saída de Abílio do conselho do grupo, em 2013.
Como a Casino contava com o apoio informal de Fernando Pimentel (PT), à época ministro do Desenvolvimento de Dilma, Abílio contratou Palocci para garantir influência a seu favor. A informação foi confirmada à Folha por integrantes das tratativas do acordo.
Grupo Pão de Açúcar fez pagamentos à Projeto, empresa de Palocci, por meio do escritório do advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, morto em 2014. Notas divulgadas em 2015 pelas partes confirmam as transações. Relatório do Coaf, com dados de 2008 a 2011, mostra que Bastos foi o segundo maior cliente da consultoria de Palocci, com repasses de R$ 5,5 milhões.
Em 2015, a Projeto divulgou nota na qual afirma que os pagamentos tiveram como origem o grupo Pão de Açúcar, que contratou o ex-ministro para que ajudasse na fusão com as Casas Bahia.
Além de citar integrantes do setor privado, o que poderia abrir novo flanco de investigação, Palocci diz que explicará esquema de corrupção no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), o que poderia unir as operações Zelotes e Lava Jato.
Para dar início às conversas sobre a delação, procuradores exigiram que o petista confirmasse informações sobre o ex-presidente Lula dadas por ex-executivos da Odebrecht, principalmente no diz respeito à conta “Amigo”. Ele sinalizou positivamente.
Segundo o ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht, Palocci operava uma conta-propina, destinada às demandas políticas de Lula.
Outro episódio que envolve o ex-presidente e que Palocci pretende esclarecer é o suposto benefício financeiro obtido por Lula na criação da empresa Sete Brasil, em 2010.
Até o momento, Palocci se reuniu apenas uma vez com os procuradores. Na conversa, mostrou-se reticente a entregar políticos com foro privilegiado. No entanto, a atitude foi revista depois que investigadores disseram que, sem isso, não haveria acordo.
Depois que foi preso, Palocci colocou um prazo de seis meses para sua defesa antes de começar a negociar uma delação. Como até abril não houve nenhuma decisão de tribunais superiores a favor de sua soltura, deu início às tratativas, comandadas hoje pelos advogados Adriano Bretas e Treacy Reinaldt.
OUTRO LADO
A defesa de Lula afirmou que a Lava Jato “não conseguiu apresentar qualquer prova sobre suas acusações contra o ex-presidente”.
A assessoria de Abílio disse que o contrato entre a empresa de Palocci e o escritório de Bastos foi alvo de investigação e não apresentou irregularidades. Diz ainda que, no período de vigência do contrato, Abílio não tinha função executiva na empresa. A assessoria do BTG Pactual não comentou.







Em projeto de lei, Governo do RN quer usar dinheiro de depósitos judiciais privados
O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) contestou, durante a sessão plenária desta terça-feira (30), o uso de depósitos judiciais privados proposto pelo Governo do Estado por meio de projeto de lei em tramitação na Casa. A proposta, segundo o parlamentar, é mais uma tentativa do executivo estadual de driblar a crise financeira, mas se trata de uma iniciativa inconstitucional.
“O Governo do Estado já conseguiu uma receita extra superior a R$ 1 bilhão, a partir de proposições que avançam sobre recursos pertencentes à sociedade. Primeiro, gastou o dinheiro dos aposentados, depois, aumentou em R$ 300 milhões a carga tributária e vendeu a conta dos servidores ao Banco do Brasil e, agora, quer usar os depósitos judiciais. No entanto, não há uma estrada em boas condições no Estado e a segurança só piora”, argumentou o parlamentar.
Kelps Lima afirmou que leis similares já foram aprovadas em outros estados do Brasil, porém, em todos eles, as legislações viraram objetos de Ações de Diretas de Inconstitucionalidade (ADI). O fato fez o deputado propor que a Assembleia Legislativa oficie o Supremo Tribunal Federal (STF) para que o entendimento da Corte possa orientar o posicionamento da Casa.
O parlamentar registrou ainda que o argumento do Governo do Estado se tornou ainda mais frágil a partir da justificação apresentada em outra mensagem do Executivo. “Em um projeto, o Governo diz que há questionamentos país afora, mas a lei continua valendo. Porém, em outro projeto, ele usa o argumento contrário, afirmando que a outra legislação está valendo, mas é inconstitucional”, justificou Kelps Lima, pedindo cautela aos colegas para que essa e outras proposições do Governo não sejam votadas sem amplo debate.
Aparte
Líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Dison Lisboa (PSD) afirmou, em aparte ao pronunciamento de Kelps Lima, que o Governo do Estado encaminhou a matéria no início do mês de março e que o regime de urgência expirou em 21 de abril. O parlamentar também afirmou que a constitucionalidade da matéria encontra segurança no próprio Judiciário.
“Os magistrados responsáveis pelos depósitos judiciais reconhecem que o projeto é constitucional. Em 2016, foi promulgada a Emenda à Constituição de número 94 autorizando o Estado a legislar sobre os depósitos judiciais de particulares”, disse Dison Lisboa, ressaltando que os precatórios são antigos e foram herdados pela atual gestão.
A mensagem que trata do uso de depósitos judiciais privados proposto pelo Governo do Estado está em tramitação na Assembleia Legislativa e se encontra atualmente na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ).




EM PAU DOS FERROS RNTudo que você procura em um único lugar. Você Sonha, a Gente Realiza







80% dos brasileiros classificam gestão Temer como ruim e péssima
Em maio, a avaliação do governo do presidente Michel Temer alcançou o maior índice de rejeição, já que 80% dos brasileiros classificam-no como ruim e péssimo, segundo pesquisa Pulso Brasil, realizada pela Ipsos. Comparando o número atual da gestão do peemedebista com o de abril, percebe-se uma elevação de cinco pontos percentuais neste quesito (de 75% para 80%).  O estudo ainda aponta que 93% dos entrevistados consideram que o Brasil está no rumo errado – uma piora de um ponto percentual em relação ao índice do mês anterior (92%).
“O levantamento é uma fotografia da percepção dos brasileiros poucos dias antes da divulgação do acordo de delação premiada da JBS. Analisando a série histórica, tanto a taxa de aprovação quanto o barômetro sobre os rumos do país, é possível projetar que o noticiário recente tem grande probabilidade de acentuar a tendência identificada na pesquisa de maio”, comenta Danilo Cersosimo, diretor da Ipsos Public Affairs, responsável pelo Pulso Brasil.
No ranking “Barômetro Político”, a pesquisa também analisou a popularidade de 44 nomes listados entre políticos e personalidades públicas.  O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, continua sendo o nome mais rejeitado, com índice de 88%. Na segunda colocação está o presidente Michel Temer com 86%, seguido pelo senador Renan Calheiros, que soma 80%, e por Fernando Collor de Mello e Aécio Neves que estão empatados, com 77% de reprovação.
Analisando a imagem dos últimos três ex-presidentes do país, Dilma Rousseff totaliza 73% de rejeição versus 22% de aprovação. Fernando Henrique Cardoso soma 70% de desaprovação contra 12% de aprovação. Já, Luiz Inácio Lula da Silva possui 63%de reprovação e 33% de aprovação.
Medindo os políticos que já disputaram o segundo turno em um pleito presidencial, Aécio Neves é o tucano com maior taxa de rejeição com 77%, alta de um ponto percentual sobre o mês passado.  Seguido por José Serra, que permanece com os 70% de abril, e por último, Geraldo Alckmin com 64% (único do partido que teve uma queda na desaprovação de quatro pontos percentuais). Já Marina Silva, da REDE, continua melhorando seu índice e diminuiu seis pontos percentuais em relação a última edição do estudo, somando 52% de desaprovação.
Por outro lado, o juiz Sérgio Moro e o ex-juiz Joaquim Barbosa são as personalidades mais bem avaliadas com 69% e 43% de aceitação, respectivamente. Na sequência está o ex-presidente Lula da Silva e o deputado federal Tiririca, empatados com 33% de aprovação, seguidos por Cármen Lúcia que acumula 30% de favorabilidade.
A pesquisa da Ipsos ampliou, no levantamento de maio, a lista de pessoas analisadas. Outras personalidades que foram avaliadas quanto ao índice de desaprovação e aprovação são: Sérgio Cabral (72% e 1%, respectivamente); Anthony Garotinho (69% e 4%, respectivamente); Aloizio Mercadante (50% e 3%, respectivamente); Rodrigo Maia (50% e 2%, respectivamente); Jair Bolsonaro (50% e 14%, respectivamente); Romero Jucá (49% e 3%, respectivamente); Celso Russomano (49% e 17%, respectivamente); Ciro Gomes (48% e 13%, respectivamente); Eduardo Paes (48% e 2%, respectivamente ); Jean Wyllys (47% e 5%, respectivamente); Marcelo Crivella (46% e 12%, respectivamente); Romário (46% e 20%, respectivamente); Paulinho da Força (46% e 4%, respectivamente); ACM Neto (45% e 7%, respectivamente); Gilmar Mendes (44% e 3% respectivamente); Henrique Meirelles (44% e 6%, respectivamente); Fernando Haddad (44% e 5%, respectivamente); Roberto Justus (40% e 18%, respectivamente); Gleisi Hoffmann (40% e 3%, respectivamente); João Doria (39% e 16%, respectivamente); Lindberg Farias (39% e 1%, respectivamente); Paulo Skaf (38% e 6%, respectivamente); Rodrigo Janot (36% e 20%, respectivamente); Deltan Dallagnol (25% e 12%, respectivamente); Jorge Paulo Lemann (20% e 6%, respectivamente); Abilio Diniz (19% e 12%, respectivamente); Guilherme Leal (17% e 7% respectivamente); Luiza Trajano (17% e 8% respectivamente) e Viviane Senna (16% e 22% respectivamente).






.








Atividade industrial potiguar volta a cair em abril
A Sondagem das indústrias Extrativas e de Transformação do Rio Grande do Norte, elaborada pela FIERN, mostra que a reação positiva no nível de produção industrial registrada em março não se manteve. Em abril, a indústria potiguar voltou a registrar queda na produção na comparação com o mês anterior, após assinalar crescimento em março. Dessa maneira, ficou mantida a tendência que se vinha repetindo desde setembro de 2016.
Acompanhando o desempenho negativo da produção, o nível médio de utilização da capacidade instalada (UCI) passou de 68% em março para 67% em abril, sendo considerado pelos empresários consultados como abaixo do padrão usual para o período, comportamento que se mantém desde setembro de 2011. A trajetória de queda no número de empregados, iniciada em fevereiro de 2014, também foi conservada.
Além disso, os estoques de produtos finais recuaram em relação ao mês anterior e ficaram abaixo do nível planejado pelo conjunto da indústria. Quando comparados os dois portes de empresas avaliados, verifica-se que, de uma forma geral as avaliações de recuo na atividade convergiram, permanecendo as divergências nas expectativas em relação aos próximos seis meses. Ou seja, as pequenas indústrias preveem queda nas compras de matérias-primas e estabilidade na quantidade exportada dos produtos, enquanto as médias e grandes esperam aumento nos dois indicadores.
Em maio, as expectativas da indústria potiguar estão otimistas com relação à demanda, às compras de insumos e à quantidade exportada nos próximos seis meses e permanecem pessimistas no que diz respeito ao número de empregados. Já a intenção de investimento do conjunto da indústria voltou a subir – aumento de 1,1 pontos na comparação com abril e de 11,1 pontos em relação a maio de 2016.
Comparando-se os indicadores avaliados pela nossa Sondagem Industrial com os resultados divulgados dia 24/05 pela CNI para o conjunto do Brasil, observa-se que, de um modo geral, as opiniões convergiram, com a diferença de que os empresários nacionais apontaram que os estoques de produtos finais registraram pequeno aumento entre março e abril e estavam ajustados ao nível planejado pelas empresas. Além disso, o índice de intenção de investimento caiu (de 47,0 para 46,6 pontos).





CLIQUE AQUI NA FOTO PARA VER VÍDEOJ J PORTÕES EM ANTÔNIO MARTINS RN





Obesidade aumenta entre jovens em 20 anos, alertam especialistas
Era uma rotina: ao menos seis vezes por dia Nathalia Ferreira corria atrás de doces, sanduíches e biscoitos. As constantes visitas à cozinha começaram aos 10 anos de idade, quando ela se sentiu deprimida com a separação de seus pais, e se estenderam até sete meses atrás, pouco depois de completar 18 anos e fazer uma cirurgia bariátrica. A adolescente, que tem 1m63, chegou a pesar 132 quilos e era alvo de bullying entre colegas na escola — um exemplo extremo do avanço dos registros de obesidade que acomete cada vez mais jovens em consequência dos hábitos alimentares pouco saudáveis e da falta de atividade física.
— Meus pais eram separados e eu me sentia excluída. Descontei tudo na comida — lembra. — Era chamada na escola de menina gordinha, que só podia usar uma roupa, porque nada mais cabia em mim. Tinha poucos amigos porque não confiava nas pessoas. No ano passado, comecei um tratamento psicológico para me preparar para a cirurgia e saber se conseguiria seguir a dieta que seria recomendada. Perdi 40 quilos, e ainda quero perder 15.
A estudante revela que fez a operação pensando em sua saúde. Antes, ela “vivia indo a médico” e não conseguia fazer diversos exercícios físicos. Agora, começou a fazer aula de dança e poderá em breve entrar na academia.
Veja matéria completa do O Globo AQUI





Maioria do Congresso é contra eleições diretas
maioria do Congresso é contra mudar a Constituição para convocar eleições diretas caso o presidente Michel Temer deixe o poder. Nessa eventualidade, deputados e senadores querem manter a exclusividade de escolher quem comandará o país até dezembro de 2018.
A Folha ouviu líderes dos dez maiores partidos da Câmara e do Senado, que reúnem 72 senadores (89% do total) e 397 deputados (77%).
Com exceção da esquerda, que é minoritária, todos se declararam abertamente contra as Diretas-Já.
Os oposicionistas PT, PSB e PDT não representam nem 30% das dez maiores bancadas. Para alterar a Constituição, é necessário o apoio de pelo menos 60% dos parlamentares em cada Casa.
“Neste momento acho casuísmo. […] Não podemos ficar brincando de mudar a Constituição a cada crise, em função de um determinado caso, de um determinado momento”, disse o senador Tasso Jereissati (CE), presidente interino do PSDB, partido que já definiu posição unificada contra às Diretas neste ano.
“Diretas-Já só em 2018”, reforça Romero Jucá (RR), líder do governo no Senado e presidente do PMDB.
PSDB e PMDB são os maiores partidos da base de sustentação do governo.
Desde a eclosão da crise que ameaça o cargo de Michel Temer, tomou corpo no Congresso e em setores da sociedade movimento para aprovar uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que determine eleições diretas.
Pelas regras atuais, a escolha do sucessor de Temer, caso ele venha a deixar o cargo, será feita pelos 594 parlamentares em eleição indireta a ser realizada 30 dias após a vacância do posto.
Com vários integrantes sob a mira da Lava Jato, o Congresso tem hoje rejeição popular recorde –de acordo com o Datafolha, 58% da população avalia como ruim ou péssimo o desempenho do Legislativo.





Mossoró Cidade Junina terá Michel Teló, Aviões, Solteirões e muito mais; Confira a programação
A Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) anunciou nesta quinta-feira (25) a programação do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2017. O evento acontece de 02 de junho a 02 de julho e vai contar com atrações nacionais, regionais e, principalmente, com a valorização dos artistas da terra.
A prefeita Rosalba Ciarlini lançou a programação e mencionou a importância do evento para Mossoró. “Enfrentando essa crise, vamos fazer o São João mais cultural do Brasil”, comentou.
Rosalba lembrou a parceria que foi feita com os cursos de Comunicação Social e Economia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), para comprovar o impacto social e econômico do São João na cidade. A prefeita também agradeceu a população por entender as dificuldades do município neste período. “Eu sempre falava que se a Paraíba e Pernambuco podem ter um grande São João, por que Mossoró não pode ser o grande São João do Rio Grande do Norte e do Brasil? Vocês entenderam, assimilaram a ideia e me deram as mãos. Mossoró entendeu que essa festa é sua. Aqui estão as nossas raízes e a marca da nossa cultura”, frisou.
O secretário de Cultura de Mossoró, Eduardo Falcão, agradeceu o empenho de todos. “Gostaria de agradecer a prefeita por confiar no nosso trabalho e a equipe da cultura que está empenhada trabalhando sem cansar. As equipes das demais secretarias estão envolvidas, desde a saúde, educação e infraestrutura. Será uma grande festa popular e com a diversidade cultural que sempre marcou o evento”, complementou.
Os shows do São João Mais Cultural do Brasil na Estação das Artes Elizeu Ventania começam no dia 15 de junho já com a apresentação da maior banda de forró do Brasil: Aviões do Forró, além de Saia Rodada e Jonh Modão.
No dia 24 de junho, com transmissão da Globo Nordeste, o MCJ recebe o cantor Michel Teló. E a noite terá ainda Forró com Ella, Naelson Junior, Junior Vianna e Aline e Dayvid.
Os shows na Estação das Artes serão encerrados no dia 30 de junho com Zé Cantor e a sua banda Solteirões do Forró, Sirano e Sirino, Forró Classe A e Renata Falcão.
O MCJ 2017 terá ainda Lagosta, Zezo, Cavaleiros do Forró, Amazan, Waldonys, Gabriel Diniz e muito mais do que você imagina.
Pingo – A programação do Pingo da Mei Dia foi anunciada na semana passada. O evento que abre o MCJ 2017 em 10 de junho vai contar com shows de André Luvi, Aline e Dayvid, Forró dos 3, Giannini Alencar, João Neto Pegadão, Nataly Vox e Renata Falcão.
Boca – Novidade do Mossoró Cidade Junina 2017, o Boca da Noite “encerra” o evento no dia 1° de julho, a partir das 18 horas, com shows de Ewerton Linhares, Felipe Grilo, Everaldo Jr e Banda do Magão.
Confira a programação do Mossoró Cidade Junina 2017
10/06 – Pingo da Mei dia
Nataly Vox, Forró dos 3, André Luvi, Giannini Alencar, João Neto Pegadão, Renata Falcão e Aline e Dayvid
15/06 –Saia Rodada, Jonh Modão e Aviões do Forró
16/06 – Lagosta, João Neto Pegadão, Felipe Costa e Forró dos 3
17/06 – Elas Cantam Brega, Darlan Dias, Zezo, Ciro Robson e Lucas Lima
22/06 – Farra de Playboy, Cavaleiros do Forró e Dimas Araújo
23/06 –Grupo Vina, Trio Mossoró, Amazan, Wonney Saraiva, Roberto do Acordeon e Forró Encaixe
24/06 – Forró com Ella, Naelson Junior, Junior Vianna, Michel Teló e Aline e Dayvid
29/06 – Brilhantes do Forró, Giuliam Monte, Waldonys e Gabriel Diniz,
30/06 –Sirano e Sirino, Forró Classe A, Solteirões do Forró e Renata Falcão
01/07 – Boca da Noite
Ewerton Linhares, Felipe Grilo, Everaldo Jr e Banda do Magão.




Atuação do ADJ em Pau dos Ferros reduz em 530 número de processos conclusos para sentença
A equipe do projeto de Apoio ao Desempenho Jurisdicional (ADJ) encerrou mais uma atuação, desta vez na unidade do Juizado Especial Cível da comarca de Pau dos Ferros. Durante três meses, de 13 de fevereiro a 18 de maio, o ADJ realizou a pré-análise de 770 processos, proporcionando a redução significativa do número de processos conclusos para sentença de 785 para 256.
“As demandas são grandes e os recursos escassos, contudo, com a reunião conjunta de esforços e de comprometimento de toda a equipe, sabemos que é possível superar nossos limites na consecução dos nossos objetivos”, aponta a juíza Sulamita Pacheco, coordenadora do Juizados Especiais do RN.
O ADJ foi criado com o objetivo de diminuir o tempo de tramitação processual das ações nos Juizados Especiais do RN e atua, prioritariamente, nas unidades onde a demanda é mais alta.
“A colaboração do Projeto de Apoio ao Desempenho Jurisdicional contribuiu para melhorar os indicadores da unidade judiciária, resultando na melhoria da prestação jurisdicional ofertada à sociedade”, avalia Sulamita Pacheco.






JP Borrachas e Parafusos



VEJA MUITO MAIS 

NAS POSTAGENS MAIS ANTIGAS