SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

sábado, 10 de junho de 2017

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau



Governo lança campanha para reduzir número de crianças em abrigos
Até 2018, o governo federal pretende zerar o número de crianças entre 0 e 6 anos que vivem em abrigos. A meta é atender mais de nove mil crianças que vivem nessas unidades por meio do programa Família Acolhedora – serviço que proporciona o atendimento em ambiente familiar.
Durante a Oficina sobre Acolhimento Familiar e Guarda Subsidiada, em Brasília, o ministro Osmar Terra lançou a Campanha Família Acolhedora, doada pela prefeitura de Campinas (SP).
Para o ministro, a medida é uma estratégia que complementa as ações do Criança Feliz. “As crianças acolhidas têm uma chance muito melhor de desenvolvimento emocional, cognitivo do que as crianças institucionalizadas.”
Campanha
A campanha Família Acolhedora ajudará estados e municípios a informar e sensibilizar a sociedade sobre a importância do acolhimento familiar no processo de desenvolvimento de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por medida protetiva.
De acordo com o ministro Osmar Terra é importante que a sociedade civil e os governos federal, estaduais e municipais atuem juntos para atingir esse objetivo.
“Enquanto não há adoção, é fundamental que uma família esteja com essa criança e dê suporte emocional para ela desenvolver todas as suas potencialidades”, afirmou.
Números
Dados do Censo do Sistema Único da Assistência Social (Censo Suas) 2016 mostram que 522 municípios têm o serviço de Família Acolhedora, que atende 1.837 crianças e adolescentes. Ao todo, 2.341 famílias brasileiras estão aptas a realizar esse acolhimento.
O Família Acolhedora atende crianças e adolescentes em medidas protetivas por determinação judicial, em decorrência de violação de direitos (abandono, negligência, violência) ou pela impossibilidade de cuidado e proteção por sua família. O serviço garante atenção individualizada e convivência comunitária. Para fazer parte, as famílias interessadas devem passar por um processo de seleção, capacitação e acompanhamento.





TJRN estuda contratar escritório de advocacia para recorrer ao STF contra decisão do CNJ, destaca site
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte estuda contratar um escritório de advocacia para ingressar, no Supremo Tribunal Federal, contra a decisão da conselheira Daldice Santana, do Conselho Nacional de Justiça.
Em Procedimento de Controle Administrativo movido pela Associação dos Magistrados do RN (Amarn), a conselheira determinou que o Tribunal devolva os recursos de orçamentos não executados, o equivalente a R$ 273 milhões, ou que o Executivo possa deduzir dos repasses dos duodécimos o valor mencionado.
Confira aqui texto completo






Oportunidade de emprego em Pau dos Ferros
O Supermercado Queiroz estar recebendo currículos de pessoas com necessidades especiais para operadores de caixas.
Entrega de currículos na própria loja em Pau dos Ferros.






Resultado de imagem para promoçao gifs

Resultado de imagem para ofertas são joão gifsResultado de imagem para ofertas são joão gifsResultado de imagem para ofertas são joão gifs
As Promoções do Mercadinho São José estão IMPERDÍVEIS.


🎇O Arraiá de Ofertas e preços baixos no Mercadinho São José já começou e a fogueira da economia já está acessa. 🎆🎉🎈🛒☸️
✴️✳️✳️✴️❇️❇️
🅰️🅿️romoções do Mercadinho São José estão IMPERDÍVEIS.
#VENHAAAAAAAAAAAAA💥
Venha correndo, pegue o seu carrinho de compras e aproveite as grandes ofertas com muito mais economia.🤹
É um Show de Preços Baixos no Mercadinho São José em Antônio Martins RN.


*🔵
Tudo mais Barato
* Entrega em domicílio
* Variedades
* Novidades
* Promoção a cada 15 dias
* Qualidade
* Melhor Atendimento e muito mais.
Mercadinho São José na Avenida Venceslau José de Souza , Bairro Alto da Ema, Antônio Martins RN.
Organização: Dito & Euraxsandra











EM PAU DOS FERROS RNTudo que você procura em um único lugar. Você Sonha, a Gente Realiza



RN é o Estado mais violento do Brasil com crescimento de 232% em homicídios
O Brasil registrou, em 2015, 59.080 homicídios. Isso significa 28,9 mortes a cada 100 mil habitantes. Os números representam uma mudança de patamar nesse indicador em relação a 2005, quando ocorreram 48.136 homicídios. As informações estão no Atlas da Violência 2017, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). O estudo analisa os números e as taxas de homicídio no país entre 2005 e 2015 e detalha os dados por regiões, Unidades da Federação e municípios com mais de 100 mil habitantes. Apenas 2% dos municípios brasileiros (111) respondiam, em 2015, por metade dos casos de homicídio no país, e 10% dos municípios (557) concentraram 76,5% do total de mortes.
Os estados que apresentaram crescimento superior a 100% nas taxas de homicídio no período analisado estão localizados nas regiões Norte e Nordeste. O destaque é o Rio Grande do Norte, com um crescimento de 232%. Em 2005, a taxa de homicídios no estado era de 13,5 para cada 100 mil habitantes. Em 2015, esse número passou para 44,9. Em seguida estão Sergipe (134,7%) e Maranhão (130,5). Pernambuco e Espírito Santo, por sua vez, reduziram a taxa de homicídios em 20% e 21,5%, respectivamente. Porém, as reduções mais significativas ficaram em estados do Sudeste: em São Paulo, a taxa caiu 44,3% (de 21,9 para 12,2), e, no Rio de Janeiro, 36,4% (de 48,2 para 30,6).
O Atlas da Violência 2017 analisou dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, referentes ao intervalo de 2005 a 2015, e utilizou também informações dos registros policiais publicadas no 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do FBSP. Para listar os 30 municípios potencialmente mais violentos e menos violentos do Brasil em 2015, o estudo considerou as mortes por agressão (homicídio) e as mortes violentas por causa indeterminada (MVCI).




.









Governo estuda revitalização da produção de petróleo e gás
O Governo do Estado trabalha para revitalizar a cadeia produtiva de petróleo e gás. O Rio Grande do Norte, apesar da redução dos investimentos da Petrobras, ainda é o maior produtor de petróleo em terra do país e possui mais de 50% dos poços perfurados em terra.
Através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico – SEDEC, a administração realiza estudos para a operação dos poços que a Petrobrás não tem interesse. Estes poços seriam explorados por pequenos produtores numa atividade viável economicamente devido ao seu baixo custo – uma vantagem em relação à companhia petrolífera.
O governador Robinson Faria se reuniu nesta segunda-feira, 05, com diretores da Redepetro no RN, instituição que congrega empresas da cadeia produtiva do petróleo e do gás. “Temos uma oportunidade para manter e ampliar a produção em Mossoró e municípios próximos, onde a Petrobras vem reduzindo os investimentos. Com pequenos e médios produtores podemos recuperar a produção estimulando uma atividade econômica que vai gerar riqueza e empregos naquela região”, ressaltou o Governador.
O Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, explicou que a extração de petróleo por pequenos produtores é plenamente viável e citou o exemplo do estado do Texas, nos Estados Unidos da América, onde esta modalidade tem grande dinâmica.
“Mossoró tem capacidade instalada, empresas e técnicos capacitados, cursos de graduação e pós-graduação em petróleo e gás e empresas que dominam a tecnologia. Temos tudo pronto para operar e revitalizar a produção”, explicou Flávio Azevedo.
A Redepetro esteve representada pelo diretor-presidente Gutemberg Henrique Dias, vice-presidente, Cristo Jone, secretário-executivo, André Henrique, diretor de relações internacionais, Thiago Silvano e pelo presidente do Conselho Fiscal, Josivan Dantas. O Sebrae foi representado pelo coordenador da cadeia produtiva de petróleo, gás e energia, Robson Mattos.









CLIQUE AQUI NA FOTO PARA VER VÍDEOJ J PORTÕES EM ANTÔNIO MARTINS RN







JP Borrachas e Parafusos



VEJA MUITO MAIS 

NAS POSTAGENS MAIS ANTIGAS