SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

ANTÔNIO MARTINS RN







No final da tarde de hoje (08) foi concluída a apuração dos votos da eleição suplementar de Passagem/RN que deu a vitória a Tota Fagundes como prefeito e a Luciano Silvestre como vice-prefeito do município, ambos do PMDB, pela coligação “Passagem vai votar para se libertar”.
Dos 3.597 eleitores aptos a votar, 3.066 compareceram às urnas, o que representa uma abstenção de 14,76 %. A coligação vencedora obteve 1.312 votos (44,15 % dos votos válidos), Lívia Laisy Lima Torres Silva e Ricardo Romeiro obtiveram 887 votos enquanto que Lucinaldo Chaves e “Irmãos Robson obtiveram 773 votos. 21 eleitores votaram em branco (0,68 %) e 73 votaram nulo (2,38 %).
Durante toda a eleição nenhuma urna apresentou problema e a eleição transcorreu em clima de tranquilidade. O que motivou o novo pleito eleitoral em Passagem a cassação do mandato de José Pereira Sobrinho, conhecido como “Dede de Babá”, e Josefa Cristiane Dionizio Chacon (ex-prefeito e vice), ambos do DEM, por abuso de poder político e econômico (RESPE n° 1153-48.2012.6.20.0013 que manteve o acórdão do TRE-RN e a sentença do juízo da 13ª zona).



Diga não a violência! 
A Tribuna do Norte destaca que o cidadão potiguar está se armando mais. Dados da Polícia Federal expressam que o número diário de registros de novos armamentos no RN cresceu 44% nos primeiros nove meses deste ano. Em todo o ano de 2014, a instituição registrou 860 novas armas. A média mensal ficou em 71,3 novos artefatos de fogo legalmente identificados.
Entre janeiro e setembro deste ano, o número chegou a 930, o que perfaz uma média mensal de 103,3 novas armas em circulação. Caso seja mantido o volume diário registrado até o mês passado, a Polícia Federal estima que, ao fim de dezembro, o número supere as 1.200 unidades. Enquanto isso, na Câmara Federal, deputados discutem mudanças no Estatuto do Desarmamento, que poderá flexibilizar ainda mais o acesso legal ao armamento e munições.
Ainda segundo a PF no estado potiguar, não são somente policiais, agentes penitenciários, membros da magistratura que estão recorrendo ao porte legal de armas. Cada vez mais civis, integrantes da sociedade comum, requerem a legalidade do carreto do equipamento bélico. A cada dia de 2015 – até 30 de setembro – 3,4 novos registros de armas de fogo foram expedidos. Em todo o ano passado foram registradas 2,3 armas/dia.



A secretaria estadual de Administração e dos Recursos Humanos (Searh) torna pública a realização de concurso público para 1400 vagas de professor e especialista em Educação, para nomeação imediata e formação de cadastro reserva do quadro de pessoal da secretaria estadual de Educação e da Cultura (SEEC). O Edital nº01/2015-SEARH-SEEC foi publicado na edição desta sexta-feira (30) do Diário Oficial do Rio Grande do Norte, disponível em http://www.diariooficial.rn.gov.br.
As oportunidades são para, além de especialista em Educação, professor das seguintes disciplinas: Arte; Arte – Música; Ciências Biológicas; Educação Física; Filosofia; Física; Geografia; História; Língua Espanhola; Língua Inglesa; Língua Portuguesa; Matemática; Pedagogia – Anos Iniciais; Libras- Ed. Especial- intérprete/tradutor; Libras- Ed. Especial- professor; Pedagogia – Ed. Especial; Química; Ensino Religioso; e Sociologia.
O concurso será realizado sob a responsabilidade do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) e consistirá de duas etapas: provas objetivas de múltipla escolha de caráter eliminatório e classificatório; e avaliação de títulos de caráter apenas classificatório. As inscrições poderão ser realizadas via internet a partir das 14h do dia 9 de novembro até às 23h59min do dia 7 de dezembro de 2015, no site www.idecan.org.br; ou presencialmente.
As inscrições presenciais serão realizadas nas centrais de atendimento aos candidatos do Idecan, a serem instaladas nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó, em endereços que serão divulgados por meio de comunicado até o início das inscrições, a partir desta segunda-feira (09) e até 07 de dezembro de 2015, das 8 às 17h. A taxa será de R$ 65.



Apesar de pregar um discurso de previsibilidade, o governo trava uma batalha com a indústria farmacêutica, que vive indefinição sobre os preços de medicamentos que serão praticados no ano que vem. Mais uma vez, a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) não divulgou o fator de produtividade ou fator X da indústria, variável essencial para o cálculo dos reajustes que serão feitos em março de 2015 e necessários para a realização do orçamento de 2016. A indústria ameaça ir à Justiça.
O fator, que é calculado pela Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, teria de ser divulgado em setembro para que as empresas conseguissem fazer cálculos básicos de planejamento para o ano seguinte. Mas o governo não tem respeitado a regra. Em resposta, o presidente da Sindusfarma, Nelson Mussolini, afirmou ao Broadcast Político, serviço de informação online do Grupo Estado, que o sindicato entrará com uma notificação judicial para que o fator seja divulgado rapidamente e, caso contrário, quer considerar fator de produtividade zero – de forma que os medicamentos serão reajustados pela inflação. “O governo está descumprindo norma que ele mesmo fez.”
O discurso da transparência e previsibilidade foi empregado pelo presidente da Cmed, Leandro Safatle, quando apresentou aos industriais a proposta de divulgação em setembro. O fator X é calculado com base em números específicos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do setor. Esses dados não são públicos e a série não fica disponível para que a indústria possa realizar cálculos. Segundo apurou o Broadcast, algumas empresas multinacionais do setor estão com dificuldade de apresentar à matriz as explicações para a demora, já que o governo não apresenta uma justificativa oficial para o atraso. Nem o Ministério da Fazenda nem a Anvisa se manifestaram até as 20 horas de ontem. (Jornal O Estado de S. Paulo)



O primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de novembro será cerca de 19% menor, segundo previsão da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Seguindo o calendário, a verba de R$ 3.055.039.776,67 entra nas contas das prefeituras na próxima terça-feira, dia 10. O montante considera o porcentual destinado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), pois sem a retenção constitucional o valor chega a R$ 3.818.799.720,84. De acordo com o levantamento da Confederação, no mesmo período do ano passado, o Fundo foi de R$ 4,737 bilhões.
Ao comparar as cifras, em termos reais, esse decêndio será 19,34% menor. Ainda, conforme dados da CNM, do início do ano até agora, a FPM foi inferior ao do ano passado em oitos meses em termos reais. Apenas em março, abril e julho o Fundo foi positivo. Ao somar todas as transferências de 2015, o acumulado é de R$ 71,134 bilhões – redução de 3,80% em termos reais, em comparação com ano anterior. No mesmo período de 2014, o acumulado era de R$ 73,944 bilhões.



Problemas de gestão estão no leito da escassez brasileira. Nossa fartura fez com que nunca tivéssemos o assunto como prioridade. Olhando para a América do Sul, o Brasil está atrás de Bolívia, Peru, Argentina, Venezuela e Chile no uso sustentável da água, segundo ranking de desempenho ambiental da Universidade Yale.
No saneamento básico, também vamos mal. Estamos com índices inferiores aos de Argentina, Chile e Uruguai. Isso custa caro. Em um ano, 400 mil pessoas são internadas no País por diarreia, causada pela má qualidade da água, e custam para o SUS R$ 140 milhões. Gastos que poderiam ser poupados. Para cada dólar investido em saneamento, o retorno é de US$ 5 em custos evitados.
O problema não é só a falta de investimentos. Mesmo quando existem, podem ter seu curso alterado. Em abril, o Ministério Público Federal denunciou desvio de verbas destinadas à construção de um sistema de abastecimento em Farias Brito (CE).
Já em Palhoça (SC), foi instaurada uma CPI das Águas, para investigar desvios de R$ 10 milhões nos serviços de água e esgoto. Os atrasos na Transposição do São Francisco já dobraram o custo da obra. E foram encontrados R$ 776,2 milhões em sobrepreço e serviços desnecessários.
Bons exemplos existem?
Do Japão a Minas Gerais, veja as histórias de quem sabe usar a água.
No Japão, não se desperdiça água: as pessoas se lavam em banheiras, que têm a água compartilhada por toda a família. Em algumas casas, a água do banho cai direto na lavanderia. Todas as descargas têm a opção de despejar dois níveis diferentes de água. Nos lava-rápidos, toda água gasta na lavagem dos carros é captada, tratada e reutilizada.
Em Cingapura, país com a melhor gestão de água do mundo, todo o ciclo da água é levado em conta: desde a coleta de água da chuva até o tratamento da água utilizada. No mundo, há 21 países empatados no 1º lugar nos quesitos acesso à água e saneamento, com 100% da população contemplada.
Apesar de não fazer grandes investimentos em tecnologia inteligente para o uso de água, o Brasil também tem bons exemplos. Uberlândia (MG) é a cidade campeã do saneamento: 100% da população é abastecida e 99% do esgoto coletado. E ainda conta com planejamento traçado para os próximos 55 anos.
Da Revista Super Interessante

Ocupante da Presidência da República desde o início de 2003, o PT é hoje o partido com maior rejeição no Brasil, segundo pesquisa Ibope feita na segunda quinzena de outubro e divulgada pelo Estadão. Do total de entrevistados, 38% apontaram a legenda de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff como aquela de que menos gostam. No outro extremo, 12% indicaram o PT como partido preferido – ou seja, para cada petista, há cerca de três antipetistas no País.
No ranking da rejeição, o PT não apenas está em primeiro lugar, mas é o líder disparado. Em distante segundo lugar, com 30 pontos porcentuais a menos, está o PSDB (8% de rejeição). O PMDB, com 6%, aparece em empate técnico, também na segunda colocação.
É a primeira vez que o Ibope mede a rejeição às legendas com uma pergunta específica (“de qual desses partidos você gosta menos?”). Não é possível, portanto, saber se a onda antipetista está em seu ápice. Mas há indícios de que essa tendência no eleitorado se fortaleceu desde o ano passado.
Em outubro de 2014, pouco antes da eleição presidencial vencida por Dilma, o PT tinha uma imagem “favorável” ou “muito favorável” para 41% dos eleitores, também segundo o Ibope. Outros 46% viam o partido de forma “desfavorável” ou “muito desfavorável”. De lá para cá, a parcela com opinião contrária ao PT cresceu para 70%, enquanto os favoráveis se reduziram a apenas 23%.
Outro indicador do desgaste dos petistas é a evolução da taxa de preferência pela sigla. Em abril de 2013, pouco antes da onda de manifestações de protesto pelo País, o PT era o partido preferido de 36% da população – o melhor resultado para a legenda em uma década.


A Anatel lançou o aplicativo “Anatel Consumidor”, que permite ao consumidor registrar e acompanhar, em celulares e tablets, reclamações contra as prestadoras de telecomunicações. A ferramenta também permite o registro e o acompanhamento de sugestões e pedidos de informação e conta com uma seção destinada a tirar as principais dúvidas sobre direitos do consumidor por meio de Perguntas Frequentes.
O app está disponível para os sistemas Android, iOS (Apple iPhone) e Windows Phone e pode ser baixado nas lojas de aplicativos de forma gratuita. “Trata-se de mais uma iniciativa para permitir que o consumidor exerça seus direitos com maior praticidade e rapidez. A nossa intenção é que a internet seja, nos próximo anos, o principal canal de atendimento da Anatel”, diz o presidente da Agência, João Rezende.



Os sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral têm mais o que fazer, por isso só se reúnem duas vezes por semana, e à noite. Mas têm à disposição um fabuloso edifício-sede, de 112 mil metros quadrados, distribuídos em dez andares e um exército de servidores que inclui 122 secretárias ao custo anual, só elas, de mais de R$ 8,9 milhões. Isso sem contar auxiliares de microinformática, que custam R$ 2,8 milhões.
As despesas no TSE só aumentam. A renovação de três contratos para terceirizados de nível médio aumentou esses custos em R$ 3 milhões. Com serviço de mensageiros, o TSE desembolsa cerca de R$ 2 milhões. Haja recado e encomenda para circular entre os gabinetes.
Constrangido com seu gabinete de 150 metros quadrados, ministro do TSE disse à coluna que preferia ver funcionando ali 4 salas de aula. Entre 2009 e 2015, despesas do TSE com terceirizados aumentaram em média 151%. Somente do ano passado para cá, cresceram 38%.



dilma_temer
Apesar de ter sido contemplado com sete ministérios na reforma ministerial promovida pela presidente Dilma Rousseff em outubro, o PMDB deflagrou nos últimos dias um movimento de descolamento da atual gestão. O partido, que tem como presidente nacional o vice-presidente Michel Temer, quer se diferenciar da petista na área econômica.
Na estratégia definida pela cúpula peemedebista, o congresso do partido, no próximo dia 17, será o primeiro grande gesto público dessa movimentação, que tem o objetivo de manter a presidente sob pressão. O PMDB não quer entrar nas eleições municipais do ano que vem com o carimbo de aliado preferencial do PT e sócio da crise econômica e política.
Em caráter reservado, um integrante da cúpula peemedebista que integra o governo definiu dessa forma o objetivo do encontro: “Apresentaremos um programa para disputarmos as eleições de 2016 e 2018. Mas também precisamos ter um programa para o caso de termos que assumir o poder”.
Para evitar retaliações do Palácio do Planalto, representantes da ala governista do PMDB evitam tratar do assunto abertamente e dizem apenas que o congresso não terá a prerrogativa de tomar qualquer decisão sobre a manutenção ou rompimento oficial do partido com a presidente Dilma Rousseff. Essa definição, porém, acontecerá em março, na convenção nacional do partido.
Isto É


Agentes foram treinados para operar equipamento que detecta metais nos volumes das visitas
Parte dos equipamentos de triagem, que têm a finalidade de reforçar a segurança nas unidades  prisionais do Rio Grande do Norte, já faz parte da rotina de triagem de alguns presídios do estado. Dois aparelhos de esteira com raio-x,  adquiridos com recursos do  Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, estão funcionando desde 20 de outubro de 2015 na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP) e na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta. A Sejuc pretende entregar o restante dos equipamentos até o final de novembro. Os produtos custaram R$ 465,3 mil à União.
As máquinas de raio-x que estão nas unidades prisionais, têm o objetivo de encontrar materiais proibidos, como explosivos, chips de celulares e armas dentro dos alimentos trazidos pelos visitantes dos presos. O diretor de Alacaçuz, Eider Brito, explicou que a máquina não tem a capacidade de detectar drogas, somente metais, mas que o agente penitenciário poderá observar no raio-x algum elemento suspeito e verificar do que se trata.
O equipamento, um dos primeiros adquiridos com recursos  Depen, é operado por agentes penitenciários responsáveis pela vistoria.  A assessoria de imprensa da Sejuc explicou que os agentes  tiveram um treinamento, pelo Depen, na Escola de Governo, no início de outubro. Atualmente, 47 agentes penitenciários são responsáveis por 1.070 apenados em Alacaçuz, e no PEP, 47 agentes são responsáveis por 712 internos, de acordo com a Sejuc.
Em Alcaçuz, dois funcionários são responsáveis pela operação da máquina.  “Esses agentes também serão responsáveis por multiplicar o que foi aprendido. Eles passarão para outros agentes como manusear o detector, quando for necessário”, disse o diretor de Alcaçuz. Eider Brito também comentou que desde o início da operação, um celular e drogas foram barrados no raio-x.


A gerência regional em Mossoró da Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern) pretende recuperar cerca de 70% dos débitos dos mossoroenses com a campanha de incentivo à quitação de débito anteriores a 1º de janeiro deste ano.
A informação foi repassada pelo gerente regional da Caern no município, João Maria, em visita a redação do De Fato.com na manhã desta sexta-feira, 6.
Segundo ele, para quem pagar o débito à vista receberá descontos que vão variar entre 15% e 25%. Já os que têm débitos contraídos antes de dezembro de 2014, a empresa está concedendo desconto de 15% no valor.


O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, confirmou que, em contato com os representantes da Ambev no fim da manhã desta sexta-feira (6), foram oferecidas algumas garantias para a permanência da empresa no estado. Os benefícios tratam sobre isenções fiscais e também inclusão no Proadi 2. O secretário confirmou que a Prefeitura de Extremoz se dispôs a conceder incentivos para redução da alíquota do IPTU do empreendimento. Os percentuais, no entanto, não foram confirmados por Flávio Azevedo. Já pelo lado do Governo, o Executivo entraria com a concessão de um regime diferenciado de isenção fiscal e a possibilidade de reenquadramento fiscal, cujas regras serão discutidas ao longo desta tarde com o secretário de Estado da Tributação, André Horta de Melo, e com o governador Robinson Faria (PSD).
Contudo, também não foram dados detalhes sobre quais seriam essas isenções. Uma nova reunião com representantes da Ambev com o Governo do Estado do Rio Grande do Norte deverá ocorrer na próxima segunda-feira (9). A expectativa de Flávio Azevedo é que eles anunciem a manutenção das atividades localmente. No entanto, a Ambev não acenou para a possibilidade de rever a decisão de desativar a fábrica no Rio Grande do Norte ainda neste ano.



O Banco Central (BC) informou hoje (6) que os brasileiros retiraram R$ 3,264 bilhões a mais do que depositaram na poupança em outubro. Foi o pior resultado para o mês desde o início da série histórica do BC, em 1995. De janeiro a outubro, a caderneta acumula captação negativa de R$ 57 bilhões. O saldo negativo em dez meses já supera o pior resultado anual da série histórica, registrado em 2003, quando a poupança encerrou o ano negativa em R$ 10,424 bilhões.
Em outubro, os saques na poupança somaram R$ 154,5 bilhões, superando os depósitos, que ficaram em R$ 151,3 bilhões. O valor total nas contas ficou em R$ 644,8bilhões. O volume dos rendimentos creditados nas cadernetas dos investidores alcançou R$ 4,061 bilhões.



Fazer uma ligação, mandar uma mensagem ou dar uma espiadinha nas redes sociais podem parecer ações inofensivas, mas quando se está no volante, pode aumentar o risco de acidente, já que a falta de atenção dos motoristas durante o uso dos dispositivos pode ser pior aos reflexos do motorista do que a ingestão de álcool.
Estudo do Ministério do Transporte mostra que o uso do celular aumenta em 35% tempo de reação dos motoristas. O percentual é bem superior ao tempo médio de reação de uma pessoa alcoolizada ao volante, que é de 12% na comparação com uma pessoa normal. As informações foram divulgadas pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes).
Pesquisa feita pela CNT/MDA mostra que, mesmo com os perigos, 10% dos motoristas dizem que não conseguem deixar o aparelho enquanto dirigem. Para o especialista em segurança em Trânsito, Eduardo Biavanti, o relatório acende um sinal de alerta: é preciso aumentar o número de campanhas e também a fiscalização para corrigir o problema e evitar acidentes.


A Oi enviou a um grupo de trabalho criado no Ministério das Comunicações um documento com reivindicações que, caso sejam atendidas, aumentarão o valor da companhia, abrindo caminho para uma fusão com a TIM. Com uma dívida de R$ 50 bilhões, a Oi tem hoje uma proposta do fundo russo LetterOne que colocará US$ 4 bilhões na companhia desde que ela dê um jeito de se fundir com a TIM.
Segundo a Folha, A Telecom Itália, dona da TIM, só admite uma negociação se houver uma mudança na legislação do setor. O impasse e o vencimento de dívidas de curto prazo da Oi no primeiro trimestre de 2016 acionaram uma bomba-relógio e, agora, todos correm para achar uma saída e evitar que a Oi possa quebrar. Para aumentar a pressão, o BNDES, sócio e um dos principais financiadores da companhia, também entrou em campo para defendê-la.


Pesquisa nacional realizada pelo Instituto Paraná revelou que a desaprovação da presidente Dilma Rousseff atingiu 86,5%. Apenas 11,1% aprovam a condução do País e 2,4% não souberam o que dizer. A informação é do Diário do Poder. A desaprovação atinge o seu máximo, 90,1%, entre as pessoas de 25 a 34 anos, justamente quem está tentando se consolidar no mercado de trabalho.
Se as eleições presidenciais fossem hoje, Aécio Neves (PSDB) apareceria em primeiro com 34,2% das intenções de voto e disputaria o segundo turno com Marina Silva (Rede) que aparece em segundo com 19,7%. O ex-presidente Lula ficaria em terceiro com 17,1%, seguido por Jair Bolsonaro (PTB) com 5,3% e Ciro Gomes (PDT) com 5,2%. Michel Temer (PMDB) e Ronaldo Caiado (DEM) tiveram apenas 1,5% e 1%, respectivamente. Cerca de 8,5% dos eleitores disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 7,5% não souberam responder.
Caso Geraldo Alckmin fosse o representante do PSDB, Marina Silva lideraria com 24,3% contra 22,6% do tucano. Lula continuaria em terceiro com 18,2%, seguido por Ciro Gomes (6,1%) e Jair Bolsonaro (5,7%). Temer e Caiado teriam 1,6% e 1,4%, respectivamente. Nesse cenário, 10,7% dos eleitores não votariam em nenhum dos candidatos citados e o número de indecisos subiria para 9,4%.
Se o candidato do PSDB fosse José Serra, ele apareceria em primeiro com 25,5% dos votos contra 23,8% de Marina Silva. Lula ficaria em terceiro com 17,7%, seguido por Ciro Gomes (6%) e Bolsonaro (5,8%). Temer e Caiado apareceriam com 2% e 1,4%, respectivamente. Outros 9,8% não votariam em nenhum deles e 8% não souberam dizer em quem votariam.
O Instituto Paraná ouviu 2.085 eleitores em 170 municípios de 23 estados entre os dias 28 de outubro e 2 de novembro. Houve checagem simultânea de 19,95% das entrevistas e o grau de confiança do resultado é de 95%. A margem de erro é de 2% para mais ou menos.


O Tribunal de Contas da União (TCU) apresentou durante audiência pública da Comissão Externa da Transposição do Rio São Francisco, na quinta-feira, relatório que aponta risco de poluição das águas do projeto de transposição. De acordo com o TCU, 57% dos municípios da área de influência direta do projeto, ou seja, cidades com proximidade de até 50 quilômetros dos canais, cujo impacto influencia diretamente a qualidade da água, não possuem serviços adequados de esgotamento sanitário nem convênios para construção de esgoto.
O projeto no São Francisco envolve, além das obras principais (canais, aquedutos etc.) e da revitalização da bacia do rio, obras de esgotamento sanitário e de coleta e tratamento de resíduos sólidos nos municípios das bacias atendidas pela transposição.


Na tarde desta quinta-feira, 05, foi realizada uma Audiência Pública sobre as ações de Combate à Seca em Rafael Fernandes, através de uma iniciativa da Câmara de Vereadores de Rafael Fernandes em parceria com a ONG MÃOS.
O evento contou com a presença de um grande número de representantes da comunidade, todos preocupados com o momento de extrema dificuldade no abastecimento de água na cidade e na região. Houve também a participação de diversas autoridades, entre elas, o Prefeito de Rafael Fernandes, Nicó Júnior, vereadores, representantes da CAERN, além da participação de membros do IGARN e da ONG MÃOS.
Em sua participação, o Prefeito parabenizou a iniciativa pela realização daquele encontro, com o objetivo de apresentar propostas e destacar o que já vem sendo feito para contornar o momento de adversidade no abastecimento da cidade.
Nicó Júnior destacou que a gestão municipal vem trabalhando, de forma incansável, para buscar alternativas para este problema. “Algumas medidas já estão sendo feitas e tem apresentado resultados positivos. Em parceria com a CAERN, estamos instalando caixas d’água em pontos estratégicos para amenizar o problema, e o município realiza o abastecimento destas unidades.”, destacou o prefeito.
Ele enfatizou que mesmo com as sérias dificuldades financeiras, a gestão local tem direcionado grandes esforços para superar essas duas frentes e não deixar a população sem o necessário apoio.
Fotos: Rosimeire Freitas – ONG MAOS