SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

De acordo com dados da Central de Transplantes do Rio Grande do Norte, atualmente, o Estado possui 151 pacientes na lista de espera para o transplante renal. Há ainda 123 pessoas esperando por um transplante de córnea e 22 pacientes aguardando um transplante de medula óssea. O Rio Grande do Norte realiza transplantes de rins, córnea, e medula óssea, necessários para os 296 pacientes potiguares na lista de espera. No entanto, a maior dificuldade é encontrar doadores.
Em 2016 foram realizados 221 transplantes no RN, sendo 104 transplantes de córnea, 67 de rim e 50 transplantes de medula óssea. Já neste ano de 2017, de janeiro a março, foram realizadas 15 doações de órgãos. Entre os dias 03 e 09 deste mês, foram realizadas mais quatro doações de múltiplos órgãos e uma doação de córneas. O gesto de solidariedade das famílias vai beneficiar pessoas que estavam na fila de espera por órgãos.









Resultado de imagem para promoçao gifs


As Promoções do Mercadinho São José estão IMPERDÍVEIS.
#VENHAAAAAAAAAAAAA
Venha correndo, pegue o seu carrinho de compras e aproveite as grandes ofertas com muito mais economia.
É um Show de Preços Baixos no Mercadinho São José em Antônio Martins RN.

* Tudo mais Barato
* Entrega em domicílio
* Variedades
* Novidades
* Promoção a cada 15 dias
* Qualidade
* Melhor Atendimento e muito mais.

Mercadinho São José na Avenida Venceslau José de Souza , Bairro Alto da Ema, Antônio Martins RN.
Organização: Dito & Euraxsandra Florêncio de Mesquita







Inflação acumulada em 12 meses é de 4,08%, a menor desde julho de 2007
22669601
Em ritmo de desaceleração, a inflação acumula alta de 4,08% nos últimos 12 meses. O resultado fica dentro do centro da meta estipulada pelo Banco Central para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e representa o menor nível para o indicador desde 2007.
De acordo com os números divulgados, nesta quarta-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a inflação avançou 0,14% em abril. O IPCA acumula elevação de 1,1% nos primeiros quatro meses de 2017, contra alta de 3,25% no mesmo período de 2016.
Além disso, a variação do indicador em abril ficou abaixo do índice registrado em março, quando o IPCA avançou 0,25%. O resultado também é menor na comparação com abril de 2016, quando a inflação havia crescido 0,61% no mês.
O resultado de abril foi influenciado pela queda das contas de energia elétrica (6,39% mais baratas, em média) e combustíveis (queda de 1,95% dos preços). Conforme o IBGE, o grupo que teve maior redução no mês foi habitação (-1,09%), seguido por artigos de residência (-0,28%) e transportes (-0,06%). Em sentido contrário, os grupos saúde e cuidados pessoais (1%), alimentação e bebidas (0,58%) e comunicação (0,55%) tiveram aumento dos custos em abril.
No grupo de alimentação e bebidas, responsável pela segunda maior variação da inflação, os itens que mais pressionaram para cima o IPCA foram o tomate (29,02%), batata-inglesa (20,81%) e cebola (6,03%). *Zero Hora










Resultado de imagem para promoçao gifs


As Promoções do Mercadinho São José estão IMPERDÍVEIS.
#VENHAAAAAAAAAAAAA
Venha correndo, pegue o seu carrinho de compras e aproveite as grandes ofertas com muito mais economia.
É um Show de Preços Baixos no Mercadinho São José em Antônio Martins RN.

* Tudo mais Barato
* Entrega em domicílio
* Variedades
* Novidades
* Promoção a cada 15 dias
* Qualidade
* Melhor Atendimento e muito mais.

Mercadinho São José na Avenida Venceslau José de Souza , Bairro Alto da Ema, Antônio Martins RN.
Organização: Dito & Euraxsandra Florêncio de Mesquita













Rio Grande do Norte registra média de quase sete homicídios por dia em 2017
O estado do Rio Grande do Norte segue apresentando números apavorantes à sua população no tocante ao registro de homicídios em 2017. Até a segunda semana de maio, o Observatório da Violência Letal Intencional (Obvio) contou 935 assassinatos espalhados em todo território potiguar; uma média de 6,8 mortes por dia.
Em relação a 2015, foram 320 mortes a mais no mesmo período. Já em 2016, a comparação mostra que neste ano o Rio Grande do Norte teve 213 assassinatos a mais, um crescimento de 29,5%.
Ao todo, Natal lidera com 250 homicídios; logo atrás vem Mossoró, com 98; Parnamirim, com 61 e Ceará-Mirim, com 60 mortes.








EM PAU DOS FERROS RNTudo que você procura em um único lugar. Você Sonha, a Gente Realiza








Lideranças ligadas ao comércio preveem retomada da economia no Estado
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio-RN), através de dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que o comércio potiguar vem registrando quedas consecutivas há 21 meses. Os últimos dados, relativos a março deste ano, foram divulgados na semana passada e colocou o RN com queda de 5,8% em relação ao mesmo período de 2016. No primeiro trimestre a notícia é ainda pior: queda de 5,9%.
Diante do cenário, a reportagem do Agora Jornal ouviu lideranças do setor do comércio norte-rio-grandense. Um dos que atendeu ao chamado foi o vice-presidente da própria Fecomércio, Luiz Antônio Lacerda, que também é presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Macaíba. Em suma, o empresário disse que o momento político vem atrapalhando a economia brasileira, mas já é possível perceber uma saída para a retomada do setor.
“Estamos esperando que terminem essas discussões das reformas para ver se a economia começa a ser retomada no país. Nós já estamos identificando um tímido sinal de crescimento nas últimas semanas, mas nada alarmante. Hoje eu noto que tem muitos investimentos que o empreendedor acaba deixando para depois devido ao momento geral da nação”, analisou Lacerda.
“A nossa expectativa é de que no segundo semestre, já a partir do mês que vem, sejamos apresentados a números melhores, com as pessoas estando mais dispostas a realizarem investimentos no mercado. O brasileiro atualmente tem olhado muito para o cenário político federal, que é de indefinição, então isso acaba prejudicando bastante o avanço da economia”, completou o membro do setor produtivo.
Quem também se dispôs a conversar com a reportagem foi o presidente da Federação das Associações Comerciais do Rio Grande do Norte (Facern), Itamar Manso Maciel Júnior. Ele, por sua vez, preferiu não dar um prazo exato para que os resultados no Estado sejam perceptíveis, mas assim como Lacerda, admitiu que já é possível identificar um tímido sinal de crescimento devido aos últimos acontecimentos.
“É um momento de dificuldade. Nós encontramos uma luz no fim do túnel mas ela ainda está lutando para ficar acesa. O comércio é a referência do RN. Comércio, serviço e turismo, para se ter uma ideia, representam, juntos, 60% do PIB. Com esses números negativos do nosso setor, dá para imaginar como é que está a situação do Rio Grande do Norte atualmente”, declarou o empresário.
Itamar lembrou, ainda, que um dos impactos da queda no comércio vem sendo identificado especialmente no desemprego acentuado que é registrado em todo país, sobretudo em solo potiguar. “A consequência da queda comercial é também o desemprego, onde hoje nós estamos batendo todos os recordes nacionais deste quesito. É uma situação muito difícil, delicadíssima, que estamos lutando para que melhore. É necessário haver uma retomada urgente”, finalizou.
Para Marcelo, liberação de saldos do FGTS já é perceptível
Apesar do clima de preocupação no cenário mais amplo, a Fecomércio, na pessoa do seu presidente Marcelo Queiroz quando da divulgação dos dados de março, destacou que alguns pontos começaram a sinalizar positivamente para a sequência do ano, como por exemplo o fato de quatro segmentos do Varejo Ampliado já terem registrado aumento de vendas na comparação com março de 2016, sendo eles: Materiais de Construção (+9,4%);  Vestuário e Calçados (+11,7%); Móveis e Eletrodomésticos (+10,5%) e Livrarias e Papelarias (+5,7%).
Segundo Marcelo, no caso das Livrarias e Papelarias, o aumento nas vendas tratou-se de um “rescaldo” do movimento de volta às aulas, enquanto que nos demais seriam os primeiros reflexos da circulação de recursos extras em virtude da liberação dos saldos das contas inativas do FGTS (que começou em 15 de março).
“Estes recursos representam, para o RN, cerca de R$ 200 milhões até julho. Um dinheiro novo, circulando e do qual, boa parte vai mesmo para o consumo. Os segmentos que tiveram alta certamente estão ligados a este consumo pontual. Os lojistas destes segmentos investiram e estão investindo em ações e promoções em busca deste dinheiro. E parece estar surtindo efeito”, complementou o presidente.







.










Inflação nordestina fica abaixo da média nacional em abril
A inflação no Nordeste em abril apresentou crescimento de 0,07%, abaixo tanto da média nacional (+0,14%) quanto da inflação observada no mês anterior (+0,34%). O índice é considerado o menor para o mês de abril desde dezembro de 2008, quando se iniciou a pesquisa elaborada pelo Escritório de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene) para a Região, a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Os dados estão disponíveis no documento Diário Econômico, disponível no site do Banco do Nordeste no endereço.
No acumulado dos últimos 12 meses terminados em abril, o índice regional apresentou desaceleração para 4,87% e ficou abaixo dos 5,56% registrados nos últimos 12 meses imediatamente anteriores.
No índice regional mensal, a maior deflação veio do grupo habitação (-1,10%), seguido por artigos de residência (-0,38%). A redução no grupo habitação foi influenciada pela energia elétrica 10,24% mais barata em relação ao mês anterior. Os maiores aumentos vieram dos grupos: comunicação (+1,49%), saúde e cuidados pessoais (+0,84%) e alimentação e bebidas (+0,26%). Nesse último, as maiores variações ocorreram nos preços do tomate (+28,18%) e da batata (+19,74).
Capitais
O processo inflacionário entre as capitais pesquisadas na Região tende a acompanhar a desinflação no âmbito nacional. Entre as regiões metropolitanas, apenas Recife manteve o crescimento fora do esperado: 0,49%, a segunda maior inflação do país em abril e no acumulado dos últimos 12 meses. Fortaleza, que ainda apresenta o maior índice no acumulado, teve um crescimento de preços no mês de abril de apenas 0,08%. Em contrapartida, Salvador teve a menor inflação (-0,22%), o que contribui para o processo de desinflação na Região, já que a capital baiana possui o maior peso no cálculo realizado pelo Etene para o Nordeste.









CLIQUE AQUI NA FOTO PARA VER VÍDEOJ J PORTÕES EM ANTÔNIO MARTINS RN







Prefeita receberá premiação pelos 100 primeiros dias de administração
A prefeita Antônia Furtado, “Preta”, que pertence as fileiras do PMDB, receberá sábado em Alexandria, placa alusiva ao trabalho desenvolvido à frente do município de Lajes Pintadas/RN, nos 100 primeiros dias de gestão. Preta, como é conhecida, será agraciada, juntamente com outros gestores municipais do RN, vereadores potiguares e secretários oestanos. Alguns dos critérios apresentados para a honraria, são educação, saúde e finanças do município e nisso, segundo se ver, a gestora lajeadense tem mostrado competência e compromisso ao município.
Antônia Furtado tem 50 anos, antes de vencer o pleito do ano passado, disputou o mesmo cargo em 2012, quando não obteve êxito. Em 2016, venceu a disputa nas urnas, com 49,48% da votação contabilizada, com uma diferença de 440 votos para o segundo colocado, tendo em vista que o embate deu-se entre 3.







Prefeito Atevaldo Nazário participa da XX Marcha a Brasília
Pleitear benefícios em favor dos moradores do Encanto é a motivação do chefe do Executivo, Atevaldo Nazário, nas suas viagens dentro e fora do Estado. E, seguindo essa finalidade, o prefeito estará na capital do país até esta sexta-feira, 19, acompanhando todas as atividades da XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, iniciada no último domingo, 15.
A realização, que acontece no Centro Internacional de Convenções do Brasil, tem dado ao gestor a oportunidade de prestigiar debates importantes a respeito de temas como a redução do custeio das máquinas públicas e recursos financeiros compatíveis com as competências estabelecidas pelo pacto federativo.
O evento também está servindo como estratégia de atuação para que cada ente faça reivindicações à representatividade junto ao Congresso Nacional. Nesse contexto, Atevaldo teve audiência com o deputado federal Felipe Maia, solicitando do parlamentar apoio em prol da construção de uma creche-modelo através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
“Levei ao deputado a necessidade de mais de 200 crianças da minha cidade de serem assistidas com o espaço. Elas são merecedoras”, afirmou Atevaldo, confiante na conquista da obra.
Sobre a Marcha, avaliou e concluiu o prefeito: “Participar dela me faz compreender que devemos nos abastecer de energia positiva para que tenhamos união em defesa dos municípios. Sinto que é preciso empenho e luta”.




JP Borrachas e Parafusos

VEJA MUITO MAIS 

NAS POSTAGENS MAIS ANTIGAS