SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

COBERTURAS E EVENTOS

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN
CONFIRA AS PROMOÇÕES DO MERCADINHO SÃO JOSÉ EM ANTÔNIO MARTINS RN

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

sábado, 31 de outubro de 2015

RIO GRANDE DO NORTE


Através de uma rede social, o dito “repórter secreto” do Fantástico da TV Globo anunciou uma nova passagem dele pelo Rio Grande do Norte. No segundo final de semana deste mês, o programa exibiu uma matéria sobre desvios no IDEMA.
Na manhã dessa quinta-feira (29), o jornalista Eduardo Faustini postou no Facebook um recorte com o mapa do RN e a legenda “Bom dia! Voltamos!! #cadeodinheiroquetavaaqui”, se referindo ao quadro do programa dominical.
Sem a publicação detalhar qual o alvo da nova matéria, os internautas postam comentários questionando qual o assunto que será reportado. A maior parte das mensagens dizem respeito à fatos referentes à Mossoró.
Na tarde desta sexta-feira (30), Faustini publicou na rede social uma foto de movimentação em aeroporto e a legenda “RN – Até breve!!”.
Confira aqui a matéria do Fantástico sobre o Idema veiculada no dia 11 de outubro deste ano.



Foi  creditado nesta sexta-feira, dia 30 de outubro, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 3.º decêndio do mês de outubro de 2015. O valor será de R$ 1.601.856.463,84, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, isto é, incluindo a retenção do Fundeb, o montante é de R$ 2.002.320.579,80.
Em comparação com o terceiro decêndio de outubro de 2014, o presente decêndio teve um aumento de 36,2%, isso em termos reais, ou seja, considerando a inflação. Mas somando todos os decêndios de outubro, o valor foi de R$ 5,358 bilhões frente aos R$ 5,444 bilhões acumulado no mesmo período do ano anterior. Ou seja, representa, em termos reais, uma retração de 1,58% para outubro de 2015.
No acumulado de 2015, o FPM soma R$ 66,811 bilhões e no mesmo período do ano anterior era de R$ 68,647 bilhões. Em termos reais, o FPM está 2,67% menor do que o mesmo período do ano anterior. Ressaltamos que estes valores não incluem os repasses extras de janeiro de 2014 e 2015, além dos repasses extras de maio e outubro de 2015. Se for desconsiderado também o repasse referente ao 0,5% de julho de 2015 a queda real do fundo é ainda mais expressiva: 4,06%.

FONTE: JP NOTICIAS 



O Governo do Estado, através da Emater-RN, lembra que as inscrições para agricultores familiares, médios e grandes produtores interessados em fornecer leite para o “Programa Leite Potiguar” serão encerradas no próximo dia 6 de novembro, sem prorrogação, conforme os editais 001 (e suas alterações) e 002/2015, publicados no Diário Oficial do Estado, do dia 16 de outubro de 2015, e no seguinte endereço eletrônico:www.emater.rn.gov.br.
Os fornecedores atuarão a partir de janeiro de 2016. A assinatura do Termo de Compromisso de Compra e Venda está prevista para 7 de dezembro. Poderão participar do credenciamento os produtores rurais de leite do Rio Grande do Norte. Os interessados deverão se dirigir aos escritórios locais ou regionais da Emater e apresentar ou preencher os documentos específicos.
No caso do produtor, ele deve portar o cadastro atualizado de vacinação do rebanho junto ao Idiarn, cópia do RG e CPF e Proposta de Comercialização. Quando os cadastros forem realizados por intermédio das cooperativas e associações dos produtores rurais elas devem apresentar também a cópia de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); cópia da ata de posse da direção da organização; e solicitação de inscrição de produtores rurais cooperados ou sócios.
Foi reduzido o quantitativo de leite diário a ser fornecido obrigatoriamente pelos agricultores familiares – de 20 para 10 litros de leite bovino e cinco litros de leite caprino.
Segundo decreto assinado pelo governador Robinson Faria em agosto passado, pelo menos 50% do leite deve ser proveniente da agricultura familiar. O restante, suprido pelos médios e grandes produtores de leite.



O Ministério da Educação prorrogou para o dia 30 de novembro o prazo para renovação dos contratos do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) do primeiro e segundo semestres de 2015. A medida consta de portaria publicada na edição de ontem (30) do “Diário Oficial da União” Com o Fies, os estudantes financiam cursos superiores em instituições privadas. As informações são da Agência Brasil.
A portaria prorroga para a mesma data o prazo para transferência integral de curso ou de instituição de ensino e para solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento referentes ao primeiro e segundo semestres de 2015.
Também fica liberado até 30 de novembro o aditamento de suspensão temporária e encerramento antecipado do prazo de utilização do financiamento, referente ao segundo semestre de 2013, primeiro e segundo semestres de 2014 e ao primeiro semestre de 2015.
A renovação do financiamento e demais operações devem ser feitas por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), disponível nos sites www.mec.gov.br e www.fnde.gov.br




Profissionais brasileiros com registro no país preencheram 100% das vagas do edital de reposição do Programa Mais Médicos no Rio Grande do Norte – todas as quatro vagas ofertadas já foram preenchidas. Em todo o país, já foram ocupadas 99% das oportunidades – 323 das 327 vagas disponíveis.
Os inscritos tiveram que escolher entre os 264 municípios que ofertaram postos ociosos nesta etapa. Ao todo, 5.414 profissionais aderiram para disputar as oportunidades, o que resultou em uma concorrência de 16 candidatos por vaga, a maior já registrada desde o início do Programa.
O edital faz parte do plano de reposições definido pelo Ministério da Saúde para o Mais Médicos, que realiza seleções trimestrais para preenchimento de vagas ociosas. O secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Heider Pinto, considera o maior interesse dos médicos brasileiros um indicativo da consolidação do Programa



TIM deixa de cobrar tarifa diferenciada por chamadas para outras operadoras





A TIM informou nesta sexta-feira que vai deixar de cobrar tarifa diferenciada por chamadas para outras operadoras em todos os planos a partir de 1o de novembro, em estratégia da companhia para lidar com a retração da economia.
Segundo a operadora, esta medida pode acabar com o hábito dos usuários de recorrer a mais de um chip para economizar nas ligações para contatos de outras operadoras.
A TIM informou que o valor médio de uma ligação entre usuários de operadoras diferentes é de 1,50 real o minuto, quarenta vezesmais caro que uma chamada na mesma rede.




O prefeito de Assú, Ivan Júnior, publicou decreto exonerandoO SEU secretariado e cerca de 350 cargos comissionados lotados nas diversas pastas municipais. Segundo o documento, ficam mantidos os cargos de provimento em comissão ocupados por servidores ocupantes do cargo de conselheiro tutelar, gestantes servidoras em gozo de licença maternidade.
O decreto determina que as nomeações posteriores à sua publicação estarão condicionadas ao cumprimento do limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, ocorrendo mediante portaria específica expedida pelo prefeito.






1º de Novembro Dia de Todos os Santos.

O Dia de Todos os Santos é comemorado anualmente no dia 1 de novembro e honra todos os santos, mártires e cristãos heróicos celebrados ao longo do ano.
Neste dia é também celebrado (por antecipação) o dia dos Fiéis Defuntos, que se celebra a 2 de novembro.
Tradições do Dia de Todos os Santos 
Este dia é dedicado a homenagear todos os que já partiram. Por norma, as famílias portuguesas enfeitam as campas dos seus familiares nos cemitérios e ao longo do dia 1 de novembro visitam os cemitérios para deixar ramos e velas nas campas. Antes da visita ao cemitérios realizam-se missas nas paróquias.
No dia 31 de Outubro, véspera do dia de Todos-os-Santos, existe a crença de que as almas dos mortos descem à terra nos locais de nascimento. À noite festeja-se o Dia das Bruxas ou Halloween.




O trabalho de revisão biométrica (cadastramento da impressão digital do eleitor), terminou em mais cinco cidades do interior do Rio Grande do Norte: Senador Elói de Souza (da 5ª Zona Eleitoral), Ceará-Mirim e Pureza (ambas da 6ª ZE), Lagoa de Pedras (da 44ª ZE) e Afonso Bezerra (54ª ZE). A revisão ocorreu entre setembro e outubro.
No período da revisão extraordinária das cidades da 6ª ZE, compareceram mais de 66% do eleitorado de Ceará-Mirim (o que equivale a mais de 34 mil eleitores) e quase 75% do eleitorado de Pureza (mais de 5.500 eleitores). Ao todo, quase 79% do eleitorado de Ceará-Mirim e 76% do eleitorado de Pureza já fizeram recadastramento biométrico, incluindo o período das revisões ordinária e extraordinária.



A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Adepol-RN) promoveu nesta quinta-feira (29) um encontro entre os 40 novos delegados de Polícia Civil, empossados na última quarta-feira (28), e a administração da Secretária Estadual deSegurança Pública e Defesa Social (Sesed) e da Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol).
O objetivo do encontro foi apresentar um panorama da Polícia Civil no estado, repassar informações pertinentes ao exercício do cargo, diretrizes, e principalmente debater sobre a realidade da segurança pública no Rio Grande do Norte a fim de melhorar a prestação de serviço à sociedade.
De acordo com a presidente da Adepol-RN, delegada Ana Claudia, os esforços são constantes para a valorização e reconhecimento do trabalho investigativo realizado pela Polícia Civil no combate a criminalidade. “A chegada dos novos delegados representa uma avanço que colaborará com a prestação de serviço à comunidade, principalmente no interior do estado”, destacou a delegada.
Estiveram presentes na ocasião a secretária estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite; o delegado geral da Polícia Civil, Stenio Pimentel; a presidente da Adepol-RN, delegada Ana Claudia Saraiva Gomes; o diretor de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), o delegado Júlio Rocha; e o diretor de Polícia Civil do Interior (DPCIN), delegado Cleiton Pinho


Responsável por detectar operações financeiras suspeitas, o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), órgão do Ministério da Fazenda, concluiu no último dia 23 de outubro um documento explosivo. Chama-se ‘Relatório de Inteligência Financeira 18.340.’ Tem 32 páginas. O conteúdo foi exposto pelo repórter Thiago Bronzatto em notícia veiculada na mais recente edição de Época.
O relatório do Coaf revela transações com indícios de irregularidades de pessoas e empresas que se encontram sob investigação nas operações policiais que eletrificam a República: Lava Jato, Zelotes e Acrônimo. Entre elas Lula e três ex-ministros petistas: Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil), Fernando Pimentel (Desenvolvimento) e Erenice Guerra (Casa Civil). Juntas essas pessoas e suas logomarcas registraram movimentação de notáveis R$ 297,7 milhões.
Lula, Palocci, Pimentel e Erenice integram uma lista de 103 pessoas e 188 empresas varejadas pelo Coaf. Juntas, movimentaram quase meio bilhão de reais em operações que, por atípicas, foram informadas pelo Coaf ao Ministério Público Federal, à Polícia Federal e à Receita Federal. Enviou-se uma cópia do levantamento também para a CPI do BNDES.
As informações colecionadas pelo Coaf foram repassadas pelos bancos e corretoras. Essas instituições são obrigadas a informar ao órgão da Fazenda sobre transações que, por fugirem dos padrões, podem ocultar crimes como pagamento de propinas e lavagem de dinheiro.
Em relação a Lula, o Coaf farejou uma movimentação de R$ 52,3 milhões nos últimos quatro anos. A empresa de palestras do ex-presidente petista recebeu R$ 27 milhões e transferiu R$ 25,3 milhões. Para o Coaf, trata-se de “movimentação de recursos incompatível com o patrimônio, a atividade econômica ou ocupação profissional e a capacidade financeira do cliente.” Procurada, a assessoria de Lula preferiu não se manifestar objetivamente sobre o relatório.



Em 17 de junho de 2014, o Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas do Estado (MPjTCE) solicitou a suspensão do pagamento de auxílio-moradia a membros do Judiciário e Ministério Público do Rio Grande do Norte. Agora, no entanto, o próprio TCE aprovou a concessão do benefício aos conselheiros e procuradores que atuam no órgão, com o benefício podendo ser solicitado individualmente por cada um dos membros da Corte de Contas.
A decisão do TCE foi referente a um pedido Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e Associação Nacional do Ministério Público de Contas (Ampcon), onde foi pleiteada a concessão de auxílio-moradia aos membros da Corte do TCE, conselheiros e auditores em razão da simetria com as carreiras da Magistratura Nacional, além do pedido extensivo aos procuradores integrantes do Ministério Público de Contas.
Pelo argumento da Atricon e Ampcon, a decisão do ministro Luiz Fux, do STF, reconhecendo a legalidade do benefício, dá legitimidade ao pedido. Para decidir sobre o fato, o conselheiro Poti Júnior consultou o Ministério Público de Contas.
O procurador Carlos Roberto Galvão Barros, que substituiu o procurador Luciano Ramos no posicionamento sobre o caso, opinou pelo deferimento do requerimento favorável ao pagamento do auxílio-moradia aos membros do TCE, entendendo que não havia discussão acerca da regularidade do pagamento do auxílio após a definição do STF sobre a licitude dos pagamentos.
Em seu voto, Poti Júnior entendeu que o benefício deve ser pago desde que seja solicitado. O posicionamento foi aprovado pelos demais membros do TCE.
Ao todo, poderão conseguir o benefício seis procuradores, sete conselheiros e um auditor, que atua como conselheiro, com valores de aproximadamente 10% dos vencimentos brutos dos servidores.
Suspeição
O procurador de Contas, Luciano Ramos, declarou-se suspeito para opinar sobre a concessão do benefício. Motivo foi que o próprio procurador impetrou ação contra o pagamento do benefício a membros do TJRN e MP/RN. Por isso, o procurador Carlos Roberto Galvão Barros foi convocado para se posicionar sobre o caso, dando parecer favorável.



A Polícia Civil do Rio Grande, com apoio da Polícia Civil da Paraíba, prendeu Edson Silva de Lima (49 anos), em João Pessoa. Ele é suspeito de ter realizado transações comerciais fraudulentas em Natal, envolvendo a compra e venda deCARROS de luxos, que teriam dado um prejuízo de aproximadamente R$ 2 milhões. A Operação Policial resultou na apreensão de cinco veículos de luxo, dos quais um I/RL Evoque Dynamic 5D.
As investigações que culminaram na prisão de Edson Silva foram realizadas pela Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) do RN e começaram há quatro meses. “Descobrimos que ele usava o nome de José Edson da Silva há quase 15 anos e que vinha atuando no comércio de carros de luxo em Natal, mantendo uma base de negócios que envolvia a capital potiguar e João Pessoa. Em Natal, ele tinha uma vida de ostentação e possuía uma loja em dos shoppings da cidade, a qual foi alvo das buscas e apreensões”, detalhou a delegada da DEFD, Karen Lopes.
O trabalho de investigação da Especializada, contou com o apoio da inteligência da Polícia Civil, e resultou na expedição de um mandado de prisão temporária e mandados de busca e apreensão expedidos pela 5ª. Vara Criminal de Natal. “A equipe da DEFD cumpriu mandados em João Pessoa, local onde Edson Silva foi preso, e apreendeu na capital potiguar veículos como um I/RL Evoque Dynamic 5D, com apoio da Delegacia de Defraudações da Polícia Civil da Paraíba. Em Natal, a Polícia Civil fez buscas em uma loja, em uma casa usada pelo suspeito e apreendeu um veículo modelo Idea”, revelou a delegada Karen Lopes.
Todo o material recolhido durante as apreensões revela que o suspeito pode ter praticado vários crimes, além do estelionato. Para que os negócios fraudulentos conseguissem ser realizados, Edson Silva abria empresas de fachada. “Entre os crimes no qual ele poderá ser autuado estão os de uso e falsificação de documentos públicos, constituição fraudulenta de empresas, falsidade ideológica, estelionato, associação criminosa, sonegação fiscal, descaminho e associação criminosa”, frisou a delegada Karen Lopes.

1º de novembro Dia do Sushi.
O Dia do Sushi é comemorado em nosso país somente há 10 anos, mas o prato é consumido não só pelos descendentes japoneses, muitas famílias brasileiras, de vez em quando, deixam de lado o arroz e o feijão para saborear um belo sushi. O que a maioria dos apreciadores do sushi não sabe é que esse prato nasceu de uma técnica de conservação do peixe cru que usava arroz e vinagre.
O prato é confeccionado tradicionalmente com molho de vinagre, que é usado para temperar o arroz. Os Sushimans adicionam na receita diversos tipos de peixes e frutos do mar. Os vegetais e as frutas possibilitam que os vegetarianos apreciem essa delícia da culinária japonesa. Para a refeição ficar completa o sushi pode ser servido com wasabi (raiz-forte que tem como base o gengibre) e molho de soja.
O prato produzido hoje sofreu algumas adaptações ao nosso estilo de vida, mas continua sendo altamente nutritivo, pois possui baixas taxas de gordura, carboidrato (que nos dá energia), minerais, vitaminas e ômega três, que é proveniente do peixe e frutos do mar. Acredita-se que em 1800, o sushi que consumimos atualmente (estilo fast-food) ficou conhecido como Edomae zushi, porque era produzido com peixes pescados em Edomae (Baía de Tóquio).
Cada tipo de sushi recebe um nome especial de acordo com os ingredientes e formato com o qual é confeccionado. A Batera, por exemplo, é um sushi que tem em sua composição tomate sweet, arroz prensado, cebolinha, cream cheese e kani. Outro tipo de sushi muito consumido pelos brasileiros é o Ikura, que consiste um bolinho de arroz enrolado em alga. Dentro dessa espécie de cone é acrescentado ovas de salmão.
Fonte:Mundo das tribos



O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) anunciou a apresentação de projeto de lei com o objetivo de reduzir as mortes no trânsito causadas por motoristas embriagados, aumentando a pena para esse delito. Ele lembrou que é cada vez maior o número de acidentes de trânsito fatais causados em razão da embriaguez e da imprudência de motoristas.
“São trabalhadores, pais e mães de família, jovens que, frequentemente, têm suas vidas ceifadas precocemente em razão da irresponsabilidade de motoristas que insistem em conduzir seus veículos, mesmo após ingerirem elevadas quantidades de álcool, ou em participar de rachas, colocando em risco a vida de pedestres e de outros condutores.
Ele ressaltou que a maior função do Código Penal e do Código de Processo Penal é inibir a decisão do crime”, disse o senador.


Em tempo de ajuste fiscal, o Congresso Nacional não para de aumentar as despesas. A Câmara dos Deputados e o Senado Federal tem orçamento previsto de R$ 9,4 bilhões para 2016. Isso quer dizer que o trabalho dos parlamentares brasileiros custará o equivalente a R$ 1,1 milhão por hora. O valor está previsto no Projeto de Lei Orçamentária Anual.
O maior orçamento é o da Câmara dos Deputados. Além de 513 deputados, a Casa possui 16.445 funcionários efetivos e comissionados trabalhando todos os dias. No total, estão previstos R$ 5,5 bilhões para o ano que vem. Dessa forma, R$ 4,4 bilhões, o que representa 80% do orçamento, será destinado ao pagamento de pessoal e encargos sociais.
O Senado Federal tem orçamento um pouco mais modesto. A previsão inicial é que Casa custe R$ 3,9 bilhões aos cofres públicos em 2016. A maior parcela dos dispêndios também deve ir para o gastos com pessoal e encargos sociais: 84% do total, o equivalente a R$ 3,3 bilhões. As outras despesas correntes devem consumir R$ 553,3 milhões. Já nos investimentos o total será de R$ 62,2 milhões.

Está no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira(30) a publicação do edital de concurso público para contratação de 1.400 professores efetivos e especialistas em educação. As inscrições começam no dia 9 de novembro e seguem até 7 de dezembro. A taxa de inscrição no concurso será de R$ 65,00. A expectativa é que as provas sejam realizadas no dia 10 de janeiro.
O salário oferecido é de R$ 2.013,39. Confira AQUI o edital e selecione o dia 30 de outubro para verificar.

o-tapeceiro-roberto-rodrigues-de-oliveira-que-matou-o-irmao-tetraplegico-em-foto-de-2011-1446071898281_615x470

“Eu nunca pensaria em tirar a vida do meu irmão, mas ele pediu muito, era muito infeliz. Ele afetou o meu psicológico e eu acabei fazendo a vontade dele. Isso ainda me deixa abalado, por isso não quero falar sobre isso. Quero tentar seguir.”
A frase é do tapeceiro Roberto Rodrigues de Oliveira, 26. Em 2011, Roberto matou com três tiros Geraldo Rodrigues de Oliveira, 28. A vítima havia ficado tetraplégica depois de um acidente em um racha automobilístico em Rio Claro (SP), em 2009.
Roberto foi absolvido por um júri popular na terça-feira (27). O julgamento durou perto de três horas e a promotoria pediu a condenação por homicídio simples. Se condenado, Oliveira poderia pegar seis anos de prisão. Em sua defesa, ele alegou que a morte ocorreu a pedido do próprio irmão, que o teria pressionado a matá-lo depois de ter ficado tetraplégico. Seguidas testemunhas ouvidas pela Justiça confirmaram que Geraldo, insistentemente, pedia para morrer.
O júri acatou a tese da defesa, de que ele agiu sob intensa coação psicológica, sendo, por isso, inocentado. Os quatro primeiros votos absolveram o acusado, sendo que os outros três não foram revelados, já que não fariam diferença para o resultado e poderiam determinar o voto dos jurados em caso de unanimidade.
Oliveira disse à reportagem do UOL que vai carregar “para sempre” a marca do que fez. “Eu não queria, mas ele insistiu e acabei fazendo. Planejei e cheguei a pensar em desistir, mas ele implorou, disse que queria morrer. Foi a coisa mais difícil que já fiz na vida”, disse.
Ele disse que se divide entre o arrependimento e o alívio por ter colocado um fim ao sofrimento do irmão. “Fiquei chocado e profundamente arrependido. Mas entendo o lado do meu irmão, a dificuldade que era, com toda aquela dor que ele sentia”, conta. Com a absolvição, ele disse esperar enterrar o assunto e que não irá mais falar sobre o caso.
Edmundo Canavezzi, que defendeu Oliveira no caso, relatou que seu cliente disse a ele que, se tivesse a chance de voltar no tempo, mataria seu irmão de novo. “É um homem atormentado pela culpa. Vai responder à sua consciência para sempre, mas pelo menos foi liberto da lei dos homens.”
Geraldo, o irmão, foi morto em outubro de 2011. Roberto simulou um assalto e chegou a levar R$ 800. Ele teve a parceria de um sobrinho, que ajudou a planejar o crime. A polícia desconfiou da versão e, durante as investigações, o sobrinho declarou que o autor do homicídio tinha sido o tapeceiro, que invadiu a casa encapuzado e atirou contra Geraldo no ombro e no pescoço.
Segundo a investigação, Geraldo teve participação ativa no plano e chegou a fornecer o dinheiro para que Oliveira comprasse a arma com a qual o homicídio foi realizado. O tapeceiro chegou a ser preso, mas foi libertado e aguardou o julgamento em liberdade.
Segundo a versão sustentada pela defesa, o sentimento de culpa foi o que motivou Oliveira a cometer o crime. Isso porque ele ficou tetraplégico depois de ser convidado para um racha por Oliveira em 2009. Depois de beberem em um churrasco, Geraldo dirigiu seu Gol, e Oliveira, uma moto. Geraldo capotou oCARRO e lesionou a coluna. Nunca mais andou.
A defesa demonstrou que Geraldo, que tem um filho tetraplégico, não aceitava a deficiência dele e sempre costumava dizer que preferia morrer a ficar preso a uma cadeira de rodas. Pouco mais de um ano depois, ele pediu que a mulher e o filho deixassem a casa onde a família vivia. Ele passou a ser cuidado por Oliveira e, durante quase um ano, teria insistido para que o irmão o matasse.
A reportagem falou com um dos oito irmãos de Oliveira. Sob condição de não ser identificado, ele declarou que ninguém na família jamais culpou o tapeceiro. “Nem minha mãe nem nenhum dos irmãos. Eu acho que foi mais um ato de amor misturado com culpa”, disse o familiar.



A professora de sexologia e especialista em ajudar pessoas a perder peso com “prazer”, Jena La Flamme, afirma que uma vida sexual ativa ameniza a vontade de comer alimentos que não são saudáveis.
Jena, que é autora de um livro sobre o assunto e escreve para o site Pleasurable Weight Loss (Perdendo Peso com Prazer, em tradução livre do inglês), acredita que a atividade sexual e a perda de peso estão completamente conectadas, e não apenas porque o ‘sexo queima calorias’.
“Se você está privado sexualmente, seu corpo sentirá a falta de sexo e irá procurar prazer em outras áreas. E é tão fácil preencher esse vazio com comida”, disse. “Essa é uma parte muito importante de perder peso com prazer: abraçando sua sensualidade, bem como a sua sexualidade”, afirmou.
A especialista falou ainda sobre a importância do prazer nas relações sexuais, afirmando que encontrar a paz no sexo é essencial e, se você não der atenção à sexualidade, provavelmente irá suprir essa falta comendo doces.


O recurso movido por Expedita Ferreira Nunes, filha de Lampião, junto ao STF, foi negado pelo ministro Luiz Fux. A ação busca impedir o lançamento de um livro sobre o cangaceiro em que o autor da obra afirma que o “fora da lei” era homossexual. O ministro destacou em sua decisão que “a censura em livros aniquila completamente o núcleo essencial dos direitos fundamentais de liberdade de expressão e de informação”. O livro “Lampião e o Mata Sete” foi escrito pelo juiz aposentado Pedro Moraes
A família do cangaceiro, na figura de Vera Ferreira, neta de Lampião, conseguiu proibir a publicação, a doação e a venda da obra com a alegação de que se tratava de exposição desnecessária da sexualidade de Lampião. O autor entrou com recurso e na terça-feira (30) o desembargador Cezário Siqueira Neto definiu que “proibir o lançamento do livro é reprimir a liberdade de expressão.” A sentença de proibição da obra foi derrubada por unanimidade, dois anos depois de proclamada.



O governo federal reservou R$ 13,4 milhões neste ano para a iniciativa “Coordenação Nacional da Vigilância, Prevenção e Controle da Dengue”. No entanto, até setembro apenas 23% dos recursos foram efetivamente utilizados. A verba, de responsabilidade do Ministério da Saúde, deveria ser empregada no financiamento de estudos, pesquisas e na capacitação profissional para o combate à dengue.
Os recursos ainda deveriam ser empregados no auxílio ao aperfeiçoamento do programa de controle da dengue, realização de termo de cooperação e aquisição de veículos e equipamentos para doação a estados e municípios. Os recursos já diminuíram ao longo deste ano. A dotação inicial previa R$ 14,3 milhões para essas finalidades.


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu nesta quinta-feira, 29, que o partido e o governo Dilma Rousseff adotaram uma postura diferente da defendida na campanha eleitoral do ano passado. “Tivemos um problema político sério, porque ganhamos a eleição com um discurso e depois das eleições tivemos que mudar o nosso discurso e fazer aquilo que a gente dizia que não ia fazer”, afirmou Lula durante um discurso de mais de uma hora na reunião do Diretório Nacional do PT, em Brasília.
Segundo ele, a construção de uma coalização ampla com vários partidos que, no espectro ideológico são considerados conservadores ou de direita, também contribuiu para prolongar a crise. “É com essa gente que temos que governar. E são esses companheiros que têm que participar do governo para a gente construir não só a nossa governança, mas a nossa maioria dentro do Congresso”, afirmou o ex-presidente, reconhecendo que o “ponto ideal” seria ter ganhado as eleições apenas com partidos de esquerda, “só com companheiros que pensam igual a gente”, disse ao jornal O Estado de São Paulo.


O ex-gerente de Engenharia da Petrobras Pedro Barusco confirmou nesta quinta-feira, 29, à Justiça Federal, em Curitiba, que os cinco estaleiros contratados para construção de 28 navios-sonda, em 2011, acertaram o pagamento de 1% de propina para o PT e para executivos da estatal e da empresa Sete Brasil. Ele foi interrogado como réu no processo contra o presidente da Odebrecht, Marcelo Bahia Odebrecht, e executivos do grupo por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.
“Tinha muita gente pagando e muita gente recebendo. Era uma coisa bastante complexa esse financeiro”, afirmou Barusco – delator da Operação Lava-Jato – na manhã desta quinta. O ex-gerente, que era uma espécie de contador da propina arrecadada na área de Serviços, controlada pelo PT, disse que todos os cinco estaleiros, incluindo o da Odebrecht (Enseada Paraguaçu), contratados para projeto de 28 plataformas fecharam o pagamento de 1%.




O plenário do Senado aprovou na noite da quinta-feira (28) o projeto de lei (149/2015) que dispensa de vistos os estrangeiros que vierem ao Brasil durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. A entrada sem vistos será permitida até o dia 18 de setembro de 2016 e válida por 90 dias. Agora o projeto segue para sanção presidencial.
De acordo com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, ao liberar a exigência de vistos, o país tende a repetir o bom desempenho da Copa do Mundo, com um incremento de mais de 60% nos gastos dos turistas no período. “A medida beneficia todas as atividades ligadas ao turismo, movimentando destinos de todo o país”, disse. O projeto é uma bandeira de Henrique Alves desde que assumiu o Ministério do Turismo. “Entre a inclusão em pauta e as votações na Câmara e o Senado, o projeto correu em menos de um mês. É uma grande vitória do setor que agradeço aos parlamentares que perceberam a urgência e relevância da pauta”, concluiu.
O texto estabelece uma portaria conjunta dos Ministérios das Relações Exteriores, da Justiça e do Turismo. Serão beneficiados aqueles que chegarem ao Brasil até 18 de setembro de 2016, com prazo de estada de até 90 dias, improrrogáveis, a contar da data da entrada em território nacional. A ausência de vistos não estará condicionada à compra de ingressos para assistir a qualquer evento das modalidades desportivas dos Jogos Rio 2016.
A relatora da proposta, senadora Lídice da Mata, afirmou que a dispensa de visto tem por objetivo facilitar o ingresso de maior número de visitantes no país. A medida, segundo ela, deve dinamizar o setor de serviços em geral e, por consequência, a economia local. A aprovação deve, portanto, impulsionar a economia do país, de acordo com o presidente da Comissão de Desenvolvimento, o senador Davi Alcolumbre.
ANO OLÍMPICO DO TURISMO – A isenção de vistos durante a Olimpíada é uma das ações do Ano Olímpico do Turismo, uma proposta do Ministério do Turismo que tem por objetivo projetar o Brasil para o mundo, revelando os destinos, a hospitalidade do brasileiro e a qualidade nos nossos atrativos.


CARROpode dá despesa de até R$ 1.185,00 por mês
Mesmo queO SEUCARRO esteja totalmente pago, você gasta nada menos do que R$ 1.185,00 por mês só para rodar e fazer a manutenção preventiva. Esse é o cálculo feito pela Agência Autoinforme para a realização da Inflação do Carro, índice que mostra a evolução dos preços que o motorista tem com o seu carro.
O estudo levanta os preços de todos os itens que o motorista precisa para andar de carro e fazer a manutenção, em cinco grupos: combustíveis, peças de reposição, serviços, impostos de circulação e seguros.
O maior gasto do motorista é com os combustíveis. Eles representam 30% da despesa total, o que significa R$ 344,00. Depois vem o pacote de serviços automobilísticos, como balanceamento, alinhamento, mão de obra em geral, além de estacionamento, lavagem etc, que representam 27% das despesas, ou R$ 320,00.
O terceiro grupo é o dos seguros, cujo gasto chega a R$ 256,00 por mês e em seguida as peças de reposição, que dão uma despesa mensal de R$ 203,00. Finalmente os impostos de circulação (IPVA, licenciamento), com gasto de R$ 60,00.
O cálculo refere-se a um motorista que roda em condições normais, isto é: usa o carro para ir ao trabalho, fazer compras, passear. Considera também duas pequenas viagens por mês. O veículo usado como base é um carro popular, com motor de 1000cc, seminovo.
Há 107 anos, nascia o Ford T
O primeiro carro produzido em grande escala está comemorando 107 anos este mês. O Ford T não foi o mais vendido, mas foi o mais importante da História, porque com ele Henry Ford inventou a linha de montagem. Conta-se que Henry Ford observou num matadouro que o boi entrava de um lado e saia do outro em pedaços (às vezes já em forma de linguiça). Inverteu o processo na fábrica criando assim uma longa linha de montagem onde cada funcionário colocava uma parte e o carro saia montado do outro lado. Não sei se a história é verdadeira, mas é curiosa.
O Ford T foi o primeiroCARRO feito no Brasil, em 1919: vinha dos EUA desmontado, em caixotes, e era montado na fábrica da rua Florência de Abreu, no centro da de São Paulo. Tinha motor de 17 cavalos e máxima de 75 km/h. Com essa velocidade, estaria adequado ainda hoje rodar em São Paulo.
Pneu eficiente
A Pirelli lançou o primeiro pneu com etiqueta de eficiência energética e com nota “A” na frenagem em piso molhado, o Cinturato P1 Plus. O pneu tem menor resistência ao rolamento, o que propicia 5% de economia de combustível.
Blog O Mundo em Movimento, UOL